Promoção dia dos Pais

A situação política do momento

24 de junho de 2016 07:23 | Rogério Côlvero
A situação política do momento

Em Xanxerê já se desenha as possibilidades de candidaturas a prefeito, diante de tantos pré-dispostos a ser, porém que se contentariam como vice. Então, jogando o boné para ver qual cabeça que é posta em baixo para tentar usá-lo, já estão descartadas as candidaturas na cabeça de chapa de Bruno Bortoluzzi (PSDB) e Leandro Vigo (PR) e acertadas as de Adenilso Biasuz (PMDB), Alessandro Antoniolli (PT).  Ninguém pensa ao contrário que os nomes de Loacir Celi, Flávio Filappi, Wilson Martins , João Paulo Tatu e Celso Matiolo sejam bons nomes para vice. Porém, ninguém está lembrando que um bom candidato a prefeito e de vice melhor ainda na conjuntura atual é Oscar Martarelo (PDT). A “briga” maior está no PSD e o deputado Merísio terá que decidir se vai Miri a reeleição ou Menegola com Miri de vice ou fechando com um vice do PSDB – se for assim, sabe-se que Menegola cai fora. A verdade é que nestas eleições todos estarão de olho nos candidatos – eles podem até se eleger, mas se tiver falcatrua no caminho, não vão assumir. A Justiça ganhou aliados na fiscalização, pois ninguém mais aguenta a roubalheira, as mentiras, as promessas e claro, já conhecem o “trote” dos candidatos principalmente se aqueles “antigos” voltarem a concorrer.

Jorge Antoniolli

Como gosto do assunto e a política é o papo do momento, falei ontem com o ex-colega vereador Jorge Antoniolli (PMDB). Disse que estava preparado para disputar a eleição para prefeito porém, partidariamente houve a opção pelo seu companheiro de partido e atual vereador Adenilso Biasus.  Deixou claro que nas próximas eleições ele será candidato. Lembramos dos colegas vereadores da 8ª. Legislatura de 1983/88 cuja composição era a seguinte:  Aldo Brandalise, Carlos D. Rogério Colvero, Celso Matiolo, Darci Ghelen, Elcir Locatelli, Edivan Giordani, Jair Silveira, Jorge Antoniolli, Júlio Cezar Bodanese, Lourenço Valdir Bortoluzzi, Neli Lino Saibo, Osmar da Cunha e Vilamir Romani e como suplentes assumiram Ilson Mulinari, Jaime Bianchi, Olavo Vendrusculo, Osvaldo Pessoa da Silva e Osvaldo Zonkowski. Desses, não estão mais conosco  Edivan Giordani e Osvaldo Zonkowski, mais conhecido como Dico, que já faleceram.  Jorge Antoniolli lembrou o que Ulysses Guimarães disse a ele num jantar do PMDB em Chapecó: “Em porta de político sem mandato, só quem bate é o vento”.  Então é isto aí, o velho Ulysses tem razão meu caro Jorge, na nossa porta só o vento está batendo.

Para governador

O PSDB já está batendo o martelo e quer lançar pré-candidaturas ao governo do Estado, eleições em 2018. A bancada federal se apresenta: João Rodrigues, César Souza e João Paulo Kleinubing. Pelo visto os federais já estão saindo na frente e “esquecendo” dos deputados estaduais que também poderão ser candidatos.

“Cabide de emprego”

Lembraram de novo que há necessidade de cortar gastos com urgência e o governador Raimundo Colombo (PSD) com o apoio de Gelson Merísio, presidente estadual do PSD, têm na mira as Agências Regionais – cortou as Secretarias Regionais –  mas deixou a pendência das ADRs que poderão  ser extintas, pois o próprio Governador as têm como “cabides de emprego”.

Preso: vai um por um

Mais um do PT  preso – Paulo Bernardo – ex-ministro do Planejamento de Lula e ex-ministro das Comunicações de Dilma. A Polícia Federal disse que o ex-ministro praticava o “roubo formiguinha” quando uma equipe de malfeitores tiravam  um real de cada parcela paga pelos servidores que obtinham empréstimos consignados.  A cada anúncio de prisão desses políticos, o povo vibra e quer ver na cadeia um por um deles.

FALA POVO

“Tirar o feijão da mesa do brasileiro é o mesmo que tirar a cachaça e o futebol. O Michel autorizou a entrada de feijão da lavoura do Maradona, da Argentina”.

“Um abraço ao Dr. Félix Dalmut, advogado, ex-vereador e ex-secretário municipal de educação”.

“ O povo já conhece Bruno, Avelino, Miri, Julião, Hélio, Vigo, Celi… é hora de outros nomes.” (A.V.)

– “ O pessoal está reclamando muito das ruas do Bairro Vila Cézamo. Recebi um chamado pedindo para avisar o pessoal da prefeitura”.

– “Será possível que o PSDB possa indicar um vice para o PMDB?”

– “Têm políticos que não gostam que falem neles – outros adoram – e lembram que o velho Brizola já dizia  “falem de bem ou de mal, mas falem de mim”.

– “A pior coisa para um político é quando a imprensa o esquece – sempre dizia o meu amigo e companheiro Rogério de Oliveira”.

 

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais