(49) 9 9827.3230

Como funciona o curso de Engenharia de Produção a distância?

18 de maio de 2017 - 07:52 / UniCesumar na comunidade | Comentários
Como funciona o curso de Engenharia de Produção a distância?

 

O engenheiro de produção é um profissional bastante requisitado. É de responsabilidade dele o cumprimento de diversas tarefas que possibilitam os processos nos setores público e privado. Essa carreira pode ter tudo a ver com você! Quer saber mais?

A Engenharia de Produção é um ramo profissional bastante amplo dentro da área das engenharias. O engenheiro de produção trabalha junto a outros engenheiros e profissionais com o intuito de otimizar resultados e diminuir custos em processos de produção. E é possível fazer um curso superior de Engenharia de Produção a distância.

Neste artigo, você saberá o que faz um engenheiro de produção, suas atribuições, conhecimentos específicos e suas rotinas profissionais. Conhecerá também o que se ensina na graduação em Engenharia de Produção a distância e como estudar em um curso EAD.

 

O que é Engenharia de Produção?

O engenheiro de produção é o profissional da engenharia mais próximo do ramo da administração. Ele tem de lidar com cálculos, projeções, gráficos, entradas e saídas, expectativas de lucro e outros dados concretos, como outros engenheiros.

Mas também tem que trabalhar com recursos humanos, gestão de logística e outras atribuições que são indispensáveis para o bom funcionamento de qualquer cadeia produtiva. A especialidade é conhecida por profissionais do meio como a mais generalista das engenharias.

Dentre as funções dos engenheiros de produção, estão o controle e a administração de complexos processos produtivos relativos a produtos e serviços.

O engenheiro de produção faz, por exemplo, a revisão de programas de engenharia, fluxos produtivos, métodos e manufaturas de produtos e serviços. Também é ele quem faz os cálculos para se estabelecer os métodos mais eficientes e econômicos de se produzir.

Os engenheiros de produção também fazem a ponte entre gerência, funcionários de produção, fornecedores e consumidores para descobrir falhas e potencialidades da linha produtiva, a fim de melhorar retornos.

A amplitude de serviços faz dele um profissional necessário em quase toda empresa e órgão público.

 

Onde pode trabalhar um engenheiro de produção?

O engenheiro de produção é bastante procurado para trabalhar tanto no setor público como na iniciativa privada.

As funções são necessárias para otimizar processos de produção industrial, bem como a prestação de serviços.

No setor público, estes profissionais são contratados por repartições municipais, estaduais e federais para acompanhar e melhorar os processos produtivos do serviço público.

Além disso, fiscalizam obras e auxiliam no desenvolvimento de sistemas e protocolos de trabalho do serviço estatal, a fim de reduzir burocracias, economizar tempo e utilizar menos recursos dos cofres públicos.

No setor privado, também ajudam no gerenciamento administrativo e produtivo das empresas, visando aumentar a rentabilidade e a eficiência dos serviços. Além disso, é ele quem zela pela satisfação de consumidores e pelo bom relacionamento com os fornecedores. O objetivo é conseguir os melhores insumos e matérias-primas pelo menor preço.

 

O que se ensina no curso superior de Engenharia de Produção

Um engenheiro de produção estuda sobre uma série de conteúdos, de várias áreas do conhecimento. O curso de Engenharia de Produção é um bacharelado, e a matriz curricular inclui conteúdos relativos à administração, contabilidade, sistemas produtivos, logística, processos de fabricação, planejamento e controle de produção.

Outros conteúdos estudados na formação em Engenharia de Produção estão relacionados à administração da produção, álgebra linear, algoritmos e programação, automação industrial, cálculo diferencial e integral, contabilidade, custos industriais e orçamento, controle e automação, custos de produção e desenho técnico.

Muito plural, o currículo contém ainda:

Economia de produção

Gestão da manutenção

Elementos de máquinas

Eletricidade aplicada

Gestão de qualidade

Gestão de projetos

Eletrônica e instrumentação

Engenharia de fabricação

Engenharia econômica

Ergonomia e segurança do trabalho

Estatística

Fenômenos do transporte

Física

Geometria analítica

Tudo é voltado para formar um profissional apto a compreender de forma geral a produção de qualquer setor e buscar melhorias para os processos.

 

Curso de Engenharia de Produção a distância

Para atuar no ramo, é necessária a obtenção do diploma de bacharelado em Engenharia de Produção. Este curso está disponível na modalidade a distância, com o mesmo reconhecimento e validade atribuídos a um curso presencial.

Este mesmo prestígio e reconhecimento só são possíveis porque as aulas seguem uma metodologia didática de alto rigor e com garantias de aprendizado para os acadêmicos.

Cada disciplina conta com aulas ao vivo e conceituais, fóruns, mapas e atividades de estudo, seguidas de provas, acompanhando um cronograma dividido em módulos de dez semanas. Cada um deles é composto por duas ou três disciplinas.

O estudante tem a opção de assistir às aulas pela internet, ou ainda comparecer a um polo presencial. Os acadêmicos contam com o apoio de mediadores que auxiliam na melhor compreensão do conteúdo ministrado a distância. O material didático é disponibilizado de maneira gratuita, em formato impresso e digital.

A média mínima do curso de Engenharia de Produção a distância é de 6 pontos, e a realização de estágio profissional supervisionado é obrigatória.

Todas essas medidas garantem que o estudante se forme com a competência e as habilidades exigidas no mercado.

Cursar Engenharia de Produção a distância também possibilita a experiência de aprendizado com professores competentes e experientes, com anos de atuação não apenas no meio acadêmico, mas como também no mercado de trabalho, em diversas empresas públicas e privadas.

(FONTE BLOG UNICESUMAR)

Mais informações pelo telefone (49) 34331491 http://lp.rlkpro.com/l/L1CX6cABF1133

Por: UniCesumar na comunidade

Deixe seu comentário