Promoção dia dos Pais

Dicas da Unicesumar: saiba como estudar atualidades para o Enem

5 de julho de 2018 14:07 | UniCesumar na comunidade
Dicas da Unicesumar: saiba como estudar atualidades para o Enem

Se a prova do Exame Nacional do Ensino Médio serve para testar seus conhecimentos sobre o que aprendeu no Ensino Médio, você deve estar se perguntando por que precisa estudar atualidades para o Enem.

Veja, a seguir, o motivo e como se manter atualizado para mandar bem no exame!

Repertório para a redação

Bom, o primeiro motivo para você ficar de olho nas atualidades para o Enem é a redação. O tema para esta parte da prova geralmente é baseado em fatos relevantes que aconteceram no Brasil e no mundo. Por exemplo, em 2016, o tema da redação foi “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” e, em 2017, o tema era inclusão: “Desafios para a formação educacional de surdos“.

E como na redação você tem que desenvolver um texto dissertativo com boas justificativas, é fundamental que você saiba bem das atualidades para o Enem. Se você estiver por dentro das coisas que estão acontecendo no Brasil e no mundo, fica mais fácil conectar esse conhecimento com o tema proposto e escrever um texto coerente, coeso e com argumentos que se sustentem com dados e fatos, apresentando uma solução que respeite os direitos humanos.

Por isso, quem tem o hábito de ler já larga na frente na hora de se preparar para a parte de atualidades do Enem.

 

Além da dissertação

Mais do que saber das atualidades para o Enem para mandar bem na redação, os assuntos do cotidiano em termos de política, economia, movimentos sociais e descobertas da ciência permeiam todas as outras questões do Enem.

Esse entrelaçamento dos conteúdos com o que é cobrado na prova se tornou uma característica recorrente do exame.

Mais do que avaliar se o estudante decorou um conteúdo visto no Ensino Médio, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) elaboram a prova com intuito de avaliar a capacidade de argumentação e interpretação dos alunos.

Por meio dos conteúdos de atualidades para o Enem, os avaliadores também analisam a habilidade do estudante em contextualizar acontecimentos históricos e atuais em disciplinas como História e Geografia. Além disso, a ideia é associar o conhecimento de assuntos de Biologia e Química dentro do cenário de desenvolvimento social e econômico do planeta.

Um bom exemplo de como as atualidades e as questões se interconectam são os surtos de dengue e zika no Brasil.

Pode parecer pontual, mas se você tiver que falar sobre esse fato que parece ser apenas de saúde pública, você pode abordar o aspecto científico de como um vírus se espalha e de como podem ser desenvolvidas vacinas. Você também pode ir para o lado histórico explicando como o país havia erradicado doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti nos anos 1950. Enfim, muitas possibilidades.

Dicas para estudar atualidades para o Enem

  1. Selecionar o que você lê

Se você está se preparando para uma prova dessas, com certeza já está sobrecarregado de coisas para aprender e revisar. Então não adianta ler todos os jornais ou assistir a canais de notícias durante 24 horas.

É mais vantajoso mirar melhor, selecionar bem os conteúdos considerando boas fontes que te forneçam análises de situações.

Por exemplo: não precisa decorar os nomes – por mais que sejam criativos – de todas as etapas das operações que a Polícia Federal fez na Lava Jato. Vale mais a pena entender o contexto político, o impacto na economia, nas eleições e outros desdobramentos.

Boas fontes jornalísticas para você ficar ligado nas temidas atualidades do Enem são portais como El PaísRevista PiauíFolha, Zero HoraGazeta do PovoThe Intercept Brasil eG1. Procure ler artigos de diversas fontes para se inteirar das diferentes vertentes do jornalismo.

E se não quer ler, não tem desculpa: tem muito podcast e canal no Youtube para você se ligar.

  1. Atente-se ao contexto

Complementando a dica anterior: “contexto” é diferente de “com o texto”. Isso significa que mais do que saber das atualidades para o Enem, é preciso ter visão global sobre o que está acontecendo no mundo: entendendo fatores que desencadearam uma situação, suas consequências e sendo capaz de costurar tudo isso com a sua própria análise crítica.

Lembre que redação de Enem não é textão de Facebook. Você precisa mostrar por que defende uma certa postura e não outra com razões sólidas.

Por exemplo: se você compreende como e por que a escravidão desencadeou as imensas desigualdades sociais do Brasil hoje, fica mais fácil caso uma das questões seja sobre o sistema de cotas, não é?

 

  1. Use tecnologia para se organizar

Se o Caetano já mandou um ‘Quem lê tanta notícia’ por conta do tanto de jornais e revistas por aí nos anos 1960, imagina a nossa situação hoje, com uma quantidade ainda maior de informações que são geradas.

Mas você não precisa se sentir perdido caminhando contra o vento. Use a tecnologia a seu favor!

Existem sites e aplicativos que guardam links ou mesmo selecionam conteúdos importantes.

Uma boa pedida é o Pocket, disponível para web ou mobile. Esse app salva seus links e até guarda tudo para ler off-line.

Outro recurso interessante também para mobile ou web é o Flipboard, que salva e organiza links em revistas digitais customizadas.

Outros recursos bem simples mas que podem ser úteis são os botões “salvar” do Facebook ou “like” do Twitter. Com esses recursos, suas redes sociais ganham outra função além de compartilhar memes e vídeos.

  1. Rotina!

Não é lá muito produtivo lotar um aplicativo com links e deixar eles flutuando no limbo do ‘depois eu vejo isso aí’. Aproveite momentos como a locomoção para escola, aquela horinha depois do almoço e outra atividade para ir colocando em dia as atualidades para o Enem.

Organizar muito bem seu tempo pode ser muito produtivo não só para estudar atualidades para o Enem, mas para outras provas e para a vida.

 

Afiado com essas dicas de como estudar atualidades para o Enem?

Você pode usar a nota da prova para se inscrever e entrar sem vestibular nos cursos de educação a distância da Unicesumar!

Confira aqui quais graduações a Unicesumar oferece.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais