Promoção dia dos Pais

Formação na Unoesc Xanxerê capacita para trabalhar com manejo de fauna

17 de junho de 2016 09:53 | UNOESC na Comunidade
Formação na Unoesc Xanxerê capacita para trabalhar com manejo de fauna

O curso de Engenharia Florestal, da Unoesc Xanxerê, realizou, no último sábado (11), o minicurso Manejo, Conservação e Técnicas de Levantamento de Fauna. O evento reuniu acadêmicos do curso e de Ciências Biológicas e ocorreu no Laboratório de Zoologia do campus.

Assim, pela parte da manhã, a bióloga Carla Hendges abordou a parte teórica, com explicações envolvendo a fauna silvestre e trabalhando os cinco grandes grupos de animais “anfíbios, aves, mamíferos, peixes e répteis. Já à tarde, desenvolveu a parte prática, com metodologias e técnicas utilizadas para levantamento de fauna”.

Segundo a coordenadora do curso, professora Graciele Barbieri, historicamente, eventos climáticos e atividades antrópicas têm ocasionado alterações nas comunidades biológicas. Por isso, na medida em que os ambientes mudam, espécies podem ser perdidas (extinções), adicionadas (invasões) ou podem tornar-se mais abundantes em determinados ecossistemas em detrimento de outros, o que justifica a necessidade se trabalhar a temática.

“Diante dessas dinâmicas, o conhecimento das técnicas de levantamento, manejo e conservação das espécies é fundamental para capacitar os profissionais ligados às áreas ambientais a fim de atuarem em projetos e programas de mitigação dos danos decorrentes de alterações nos ecossistemas, mais precisamente em relação à fauna silvestre em seu local e fora dele” explica.

Em sua avaliação, o curso conseguiu repassar, de forma didática, o que os profissionais devem fazer quando forem contratados para alguma assessoria ambiental, especialmente empreendimentos de geração de energia.

“Afinal, antes mesmo de se conseguir a licença ambiental nesses empreendimentos, precisa-se fazer o levantamento da fauna, a coleta dos animais e o seu posterior monitoramento no local do empreendimento. Além disso, considerando ambientes locais e zoológicos/criadouros, o mercado de trabalho está em expansão para os profissionais engenheiros florestais e biólogos” analisa.


Por: Direto da Redação

Deixe seu comentário

Saiba Mais