(49) 9 9989.9002
(49) 3433.3173

Apae de Xanxerê sedia curso de Pedia Suit

6 de maio de 2016 - 09:20 / Comunidade | Comentários
Apae de Xanxerê sedia curso de Pedia Suit Apae de Xanxerê sedia curso de Pedia Suit (Foto: Divulgação)

A Apae de Xanxerê sediou no período de 01 a 04 de maio o curso básico no protocolo Pedia Suit, promovido pela Federação das Apaes de Santa Catarina. Ao todo foram 21 profissionais da região, entre fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

O curso, que teve uma carga horária de 32 horas, faz parte da programação dos cursos que estão sendo realizados em todo o Estado.

O presidente da Federação das Apaes, Julio Cesar Aguiar falou sobre os diversos cursos que estão sendo realizados. “Estamos realizando aqui mais um curso de capacitação de Pedia Suit, onde mais 21 profissionais, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, estão sendo preparados para trabalhar com o protocolo Pedia Suit. São centenas de profissionais em todo o Estado capacitados, num curso que custa cerca de R$ 4 mil por aluno, mas que aqui na Apae não tem custo para o profissional, pois está sendo custeado pela Federação das Apaes. Também estamos com 60 kits de Pedia Suit instalados nas Apaes, atendendo os alunos, o que representa um grande resultado na vida do paciente.”

Além dos cursos de Pedia Suit, Julio Cesar informou que estão sendo instaladas fábricas de órteses. “A Federação das Apaes criou e colocou nas 18 microregiões que estamos presentes, 18 fábricas de órteses, que agregadas ao Pedia Suit, pode representar a diferença entre a pessoa andar ou estar numa cadeira de rodas, pode ser a diferença de uma pessoa ser ‘aleijada’ ou não. Nossos profissionais também estão sendo capacitados na fabricação das órteses. Para se ter uma ideia do tamanho deste projeto, o Governo do Estado de Santa Catarina possui uma fábrica de órtese no Estado inteiro. As Apaes hoje contam com 18, ou seja, vamos atender nossos cerca de seis mil alunos com deficiência motora dentro da própria Apae”.

Sobre o curso de Pedia Suit, a fisioterapeuta Silvana Vasconcelos, instrutora de Pedia Suit, mestre em fisioterapia pela FCCPT-EUA, explicou um pouco sobre o curso. “O curso de terapia intensiva no Pedia Suit, que utiliza o macacão e a gaiola, foi dividido em um dia de parte teórica, no segundo dia práticas entre os alunos e no último dia, prática com pacientes, para os alunos experimentarem e tratarem um paciente no protocolo Pedia Suit. Os alunos deste curso são profissionais bem preparados, alguns formados há mais de dez anos, todos muito interessados, todos concluíram com êxito o curso e estão prontos para aplicarem o seu primeiro protocolo”.

Silvana explicou, ainda, que por determinação da Federação das Apaes, os alunos recém formados devem iniciar o atendimento em até 90 dias, seja na sua Apae ou em uma Apae da região onde atua. Isso para que os alunos já sejam beneficiados e para que o conteúdo aprendido não caia no esquecimento.

Sobre os resultados para os pacientes, Silvana informou que dentre as várias práticas de terapia reabilitação neurológica o Pedia Suit se apresenta com um alto nível de eficácia, pelo tempo de trabalho exigido com o paciente, pois enquanto nas técnicas de fisioterapia convencionais faz 60 minutos, duas vezes por semana, totalizando oito horas/mês de fisioterapia, no Pedia Suit a criança faz isso em dois dias. (Ass. Com./VSD Marketing & Comunicação)

 

Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário