(49) 9 9989.9002
(49) 3433.3173

Casal de cegos que reside em Xanxerê supera barreiras físicas e o preconceito

23 de abril de 2018 - 15:54 / Comunidade Variedades Xanxerê | Comentários
Casal de cegos que reside em Xanxerê supera barreiras físicas e o preconceito untos há cinco anos, Rose e Leo, ultrapassam todas as barreiras e provam que não há limites para a realização dos sonhos. (Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

Leonardo Geuda e Roseli Luzia Paim possuem uma rotina diferente. O casal de cegos que reside no Bairro Vila Sésamo em Xanxerê busca por meio do rádio uma forma diferente de levar a vida. Juntos há cinco anos, Rose e Leo, ultrapassam todas as barreiras e provam que não há limites para a realização dos sonhos.

Entre as atividades preferidas do casal, estão cuidar da casa e também das rádios. “Somos cegos totalmente, mas temos uma vida normal a única diferença é que somos cegos. Mas fazemos de tudo. Eu cozinho, cuido da casa, hoje o Leo faz as coisas dele para as rádios. Eu gosto de fazer crochê, cuidar as flores e fazer as coisas de casa, mas faço tudo sozinha”, conta Rose.

 

Roseli de 44 anos. (Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

 

Leonardo destaca que a grande dificuldade enfrentada em Xanxerê é encontrar um emprego. “Meu computador é com leitor de tela, por isso eu consigo trabalhar. Mas em Xanxerê não temos vez. Já tentei buscar emprego e fui barrado e inclusive eu quero ser radialista nas rádios convencionais e não posso. Muitos alegam que não tem acessibilidade no computador e isso acaba atrapalhando, porque queremos mostrar para essas pessoas que temos capacidade. Mas onde consegui uma oportunidade foi na Rádio Online Sanriema.com”.

Uma das rádios de Leonardo é destinada para os ouvintes que apreciam a música gospel. “São duas rádios, uma é viola sertaneja que fiz no intuito de resgatar essa cultura, que é só de música raiz e outro é rádio pen drive web. Essa segunda rádio tem uma história. No último caso que aconteceu aqui, que foi o roubo do computador, eu prometi para Deus que se ele me ajudasse a recuperar o computador eu transformaria ela em rádio gospel, então cumpri e está no ar há seis anos”, diz Leonardo.

O casal frequenta a Apadavix duas vezes por semana e lá aprendem como lidar com as rotinas do dia a dia.

 

Leonardo de 25 anos. (Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

 

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário