Cuidados Paliativos: Simpósio Multiprofissional vai debater o assunto em Xanxerê

10 de junho de 2018 10:28 | Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Cuidados Paliativos: Simpósio Multiprofissional vai debater o assunto em Xanxerê (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

Essencial para a qualidade de vida do paciente e de seus familiares, os cuidados paliativos são tema de uma das mesas de discussão do “1º Simpósio Multiprofissional: O paciente no Centro da Atenção”, organizado pelo Hospital Regional São Paulo, que acontece no dia 13 de junho, em Xanxerê. Profissionais de diferentes municípios da região estão inscritos no evento, que vai abordar e discutir o tema.

O assunto Cuidados Paliativos será debatido durante a primeira mesa evento, programada para a manhã da quarta-feira (13), com início previsto para às 8 horas. Para ampliar a discussão, com ênfase na atenção multidisciplinar, a mesa terá a participação de representantes da medicina, enfermagem, psicologia, nutrição, fisioterapia e serviço social.

Entre os profissionais que participarão está o médico intensivista e coordenador da UTI Geral do HRSP, Jener Bueno. “O paliativismo é visto como uma forma de proteção, uma forma de cuidado, onde se busca amenizar a dor e o sofrimento, seja ele físico, psicológico, social e/ou espiritual. Os pacientes elencados para esse tipo de cuidado são aqueles com uma doença crônica grave, em estágio terminal, onde as possibilidades curativas de tratamento se esgotaram. Nesses casos se parte para um conjunto de medidas, com atuação multiprofissional, onde se aborda tanto o paciente quanto o meio familiar, para se encarar esse processo de uma forma mais humanizada”, explica.

O objetivo de se ingressar com um plano de cuidados paliativos é proporcionar qualidade de vida, dentro da realidade em que o paciente se encontra. “O que é bem diferente de não fazer nada. O termo ‘paliativo’ tem muito preconceito, alguns encaram como ‘não fazer mais nada’, mas é o contrário, se otimiza o cuidado que proporcionará melhor qualidade de vida ao paciente naquele momento”, argumenta o médico intensivista.

Conforme Bueno, a medicina paliativa é uma especialidade médica, com atuação multiprofissional, e não ocorre apenas no contexto hospitalar. Muitas vezes o paciente está vivendo uma vida praticamente normal e, de repente vem o diagnóstico de um câncer já alastrado, com metástases, por exemplo, em que já não há como fazer cirurgia e já não há tratamento curativo. Nesses casos a medicina paliativa começa a atuar com o preparo para a caminhada, para a morte.

O médico explica ainda que o Simpósio é a oportunidade de profissionais da área e estudantes discutirem o tema, enriquecendo o conhecimento sobre o assunto e para que a partir disso, sejam inspirados e motivados na busca por um cuidado mais sensível à dor e ao sofrimento dos pacientes.

 

O evento

O “1º Simpósio Multiprofissional: O paciente no Centro da Atenção” vai discutir ainda, durante a tarde, o Sistema de Referência e Contrarreferência. Além disso, haverá a apresentação de relatos de experiência de profissionais e estudantes em atuação multiprofissional. São eles:

–  Equipe multiprofissional nos cuidados paliativos ao paciente oncológico: relato de experiência/ Unimed Xanxerê, pela enfermeira Marizete Ribeiro;

– AIDS e Elegibilidade para Cuidados Paliativos, Dra. Clarissa Guedes, de União da Vitória (PR);

– Vivência em cuidados paliativos. Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste, com a enfermeira Marciane Tessaro;

– Serviço de atendimento psicológico da Unoesc Xanxerê: Um relato de práticas, pela psicóloga Talita Zanferari;

– O cuidado de enfermagem ao Ostomizado: muito além da troca do dispositivo, com a enfermeira Luana Agnoletto Reis, de Xanxerê;

– Relato de Experiência de referência e contrarreferência com Pacientes Psiquiátricos internados em Unidade Psiquiátrica dentro de um Hospital Geral, do Hospital São Francisco, de Concórdia, com a enfermeira Loreni Cristina Bollis;

– Acolhimento Corresponsável na Emergência do Hospital Regional São Paulo, com a assistente Social Maquieli Casaril.

Restam ainda poucas vagas para Simpósio. Para se inscrever no evento basta encaminhar e-mail para: eventos@hrsp.com.br.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais