(49) 9 9827.3230

Deputado federal se reúne com lideranças sindicais em Xanxerê para agir contra a reforma da previdência

17 de fevereiro de 2017 - 15:46 / Comunidade Política Xanxerê | Comentários
Deputado federal se reúne com lideranças sindicais em Xanxerê para agir contra a reforma da previdência Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias

Lideranças sindicais de Xanxerê e região estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira (17), em Xanxerê, com o deputado federal Pedro Uczai para discutir a reforma da previdência. O objetivo é discutir o assunto, sanar dúvidas e mobilizar a comunidade contra a reforma.

“Discutir previdência é um tema para toda a sociedade. O governo está correndo contra o tempo, ou seja, quanto mais rápido ele conseguir votar, mais fácil vai ser para ele aprovar. Por que o agricultor vai perceber o que significa desvincular a contribuição do agricultor do salário mínimo, contribuir 25 anos e não se aposentar integralmente, que vai ter que trabalhar mais 10 anos a mulher e cinco o homem, que vai ter que assinar a carteira aos 16 anos, o professor que começar a contribuir aos 21 anos vai chegar aos 70 anos para se conseguir se aposentar, o pessoal vai fazer conta. Por que o governo não mexe na carreira dos servidores públicos, dos militares? Lá está intacto. No andar de cima não vão mexer, vão mexer no andar de baixo”, comenta o deputado.

Uczai salienta que é necessária a pressão da comunidade para com seus representantes e pesquisas já mostram que o trabalhador é contra a reforma.

“Não vão conseguir fazer a reforma da previdência. Agora a pouco recebi uma pesquisa dizendo que 67% do povo de Santa Catarina é contra a reforma da previdência. Quero ver os 16 deputados apertar o botão a favor da previdência e contra o trabalhador. Quero ver os deputados chegar aqui em Xanxerê com a cara de pau dar entrevista a imprensa dizendo ‘eu mandei as mulheres trabalhar mais 10 anos’.

 

Mobilização é programada para março

“Nós só temos uma alternativa: no dia 8 de março, dia 15 de março nós vamos mobilizar o Brasil inteiro e vamos para as ruas. Estamos organizando todas as categorias sindicais e outras classes para sermos contra. A previdência não está quebrada, nós vamos derrotar a reforma da previdência com ajuda da população”, finaliza Uczai.

 

 

 

Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário