(49) 9 9827.3230

Doenças do coração tem se tornado comuns entre jovens, explica cardiologista

6 de setembro de 2017 - 15:26 / Comunidade Lance Notícias Saúde Xanxerê | Comentários
Doenças do coração tem se tornado comuns entre jovens, explica cardiologista Fotos: Alessandra Bagattini/Lance Notícias

Setembro, mês em que se comemora o Dia Mundial do Coração, foi escolhido como mês de prevenção e orientação sobre as doenças cardiovasculares. O Setembro Vermelho, é o mês em que se promovem ações para conscientizar os cidadãos para os riscos à saúde do coração.

De acordo com o Ministério da Saúde, por ano morrem mais de 308 mil pessoas no país vítimas de infarto e acidente vascular cerebral (AVC). O Brasil está entre os 10 países onde mais morrem pessoas em decorrência de doenças cardiovasculares.

André Martins, cardiologista, comenta que as doenças cardiovasculares, são as que mais afetam a população.

“Hoje as doenças cardiovasculares são as que mais acometem a população. São doenças conhecidas como infarto agudo do miocárdio, a angina, que dificulta a passagem de sangue para o coração, e isso leva o aparecimento a alguns tipos de sintomas que causam complicações aos pacientes”, diz.

O cardiologista destaca também que um dos principais fatores dessas doenças é a genética.

“Essas doenças são caraterizadas por terem fatores de riscos, são patologias, circunstâncias, são hábitos que estão relacionadas ao aparecimento da formação de placas, que levam a obstrução da luz da artéria e dificultam a passagem do sangue, levando em alguns casos ao infarto. A genética, é o primeiro fator que contribui e muito, para doenças cardíacas”.

Outros fatores que contribuem estão relacionados ao cigarro e colesterol. “Fumantes, colesterol, diabetes, pressão alta, são fatores que contribuem ainda mais para o desenvolvimento e aparecimento desses tipos de doenças”, comenta.

Doenças cardiovasculares em jovens

O número de jovens com doenças cardíacas tem aumentado e segundo André, a justificativa está ligada ao fato das pessoas não se cuidarem.

“Estamos vendo que cada vez mais jovens estão ficando, no ponto de vista cardiológico, doentes. As pessoas estão ficando doentes mais cedo e os motivos são estresse de mais, se cuidando menos, não realizam atividades físicas e nem se cuidam na alimentação. Fatores como o cigarro, cuidados com pressão, diabetes, exigem cuidados e a realidade é que as pessoas não se cuidam, por esse motivo, as doenças aparecem mais cedo”.

Prevenção

Para prevenir doenças cardíacas, a dica é praticar exercícios físicos e cuidar da alimentação. “Existem alguns fatos que nós não podemos mudar, que são a idade, sexo, a genética. Mas tem alguns que podemos evitar como cigarro, falta de exercício físico, cuidar do peso, controlar colesterol e diabetes, que são atividades indispensáveis”.

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário