Educação Especial realiza reunião e encaminhamentos para o próximo ano letivo

29 de novembro de 2016 13:39 | Comunidade , Educação Compartilhar no Whatsapp
Educação Especial realiza reunião e encaminhamentos para o próximo ano letivo (Foto: Divulgação)

Os diretores das escolas estaduais que compreendem a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Xanxerê, participaram de uma reunião referente a educação especial. O encontro teve o objetivo de capacitar os gestores sobre os encaminhamentos para o ano letivo de 2017. Entre os assuntos abordados durante a capacitação está o atendimento em classe, segundo professor, professor instrutor de libras, professor intérprete, professor bilíngue e intérprete de libras, além dos serviços de atendimento educacional especializado (SAED).

Para o próximo ano, uma das principais mudanças é com relação aos alunos com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Até 2016, o aluno apenas com TDAH tinha direito ao acompanhamento do segundo professor. A partir de 2017, passa a contar com o atendimento o aluno com TDAH porém, que tenha outra deficiência associada. “Por exemplo o aluno com TDAH com  aspecto autista ou TDAH e Síndrome de Asperger. Segundo os especialistas, todo o aluno com TDAH que esteja medicado e com o acompanhamento familiar, tem condições de ser independente em sala de aula”, explica a Integradora de Educação especial e Diversidade, Claudete Mussio.

Conforme Claudete é importante preparar os servidores para que estejam atentos às mudanças e ainda para que possam continuar desenvolvendo o trabalho de gestão e o atendimento aos alunos com excelência.

“Os nossos profissionais precisam ter a clareza de como trabalhar com os alunos. A equipe precisar estar preparada ao receber esses alunos, observar um diagnóstico, fazer a leitura desde o olhar deste aluno com limitação que está na escola. É o trabalho em conjunto que é fundamental para o andamento das atividades e a excelência no atendimento desses alunos”, explica a Integradora de Educação Especial e Diversidade, Claudete Mussio.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais