Promoção dia dos Pais

Falta bolso! Colecionador tem mais de 17 mil canetas em Xanxerê

7 de outubro de 2016 11:25 | Comunidade , Cultura , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp

O xanxerense Jaime Koff, de 41 anos, além da paixão por sua família, tem despertado dentro de si, uma paixão inusitada, uma paixão por canetas. Colecionador há cerca de 16 anos, Jaime possui hoje mais de 17 mil canetas e não pretende parar por aí.

Residente no município, Jaime trabalha há 23 anos em um hotel e diz que sua paixão iniciou no seu trabalho, “uma noite no hotel eu ganhei oito canetas, coloquei no bolso as oito. Quando cheguei em casa, pensei ‘vou fazer uma coleção de canetas’, minha mulher falou que era só para ocupar canto. Mas eu falei que não, que eu ia organizar. Um dia, um hospede descobriu e me trouxe mais 50 canetas, então eu comecei”.

Koff comenta que no início utilizava o foro de sua casa para guardar as mesmas, “fazem 23 anos que trabalho no hotel, eu comecei a guardar as canetas que eu ganhava no foro da casa, penduradas. Até quando não coube mais. E como sujava muito devido ao pó e quando eu ia limpar acabava perdendo o brilho delas, hoje guardo em caixas”.

Coleção

“Todas as minhas canetas são de empresas, não tenho repetidas e conheço todas e nunca comprei, todas que tenho são ganhadas. Hoje em média tenho 17 mil canetas guardadas. Eu pretendo continuar com a coleção, quanto mais vim melhor”.

whatsapp-image-2016-10-07-at-11-19-11-2

Diversidade

“Tenho canetas de diferentes partes do mundo, do Japão, Dubai e entre outros países. Eu coleciono canetas há 16 anos e tenho amor pelas minhas canetas”.

whatsapp-image-2016-10-07-at-11-19-10

 

Caneta especial

“Eu tenho uma caneta especial na minha coleção, foi uma que ganhei da minha mãe quando ela viajou, ela comprou a caneta e me deu. Se um dia eu desistir da coleção, essa vai ficar para mim”.

whatsapp-image-2016-10-07-at-11-19-10-1

Reação da família  

“Quando comecei minha mulher falou que iria ficar trancando espaço, porém eu não desisti”.

Jaime possui um filho de 15 anos, quando questionado se pretende continuar com a  coleção do pai, ele responde que não sabe, pois não possui o mesmo amor, “eu não sei se vou continuar, não gosto tanto quanto ele”.

whatsapp-image-2016-10-07-at-11-19-10-2

whatsapp-image-2016-10-07-at-11-19-10-4

whatsapp-image-2016-10-07-at-11-19-11-2

Jaime Koff possuí dez caixas de canetas.  (Fotos:Alessandra Bagattini/Lance Notícias)


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais