Fezes de animais causam poluição e podem transmitir doenças

1 de agosto de 2018 11:30 | Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Fezes de animais causam poluição e podem transmitir doenças Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

A grande quantidade de fezes de animais espalhadas na Praça Tiradentes, principalmente de cachorros, tem chamado a atenção e preocupado o setor responsável pela limpeza do local.

Conforme o secretário de Agricultura, Edson Zape, Timão, todos os dias há uma grande quantidade de fezes no local, pois muitas vezes pessoas passeiam com seus cães no local, eles fazem as necessidades e seus donos não as recolhe.

“As pessoas saem passear com os cachorros, eles acabam fazendo coco na praça e os donos não limpam, deixam lá. A prefeitura acaba fazendo esse serviço de limpeza, mas as pessoas precisam se conscientizar quanto a isso, pois não é competência da prefeitura limpar os dejetos dos animais que tem dono”, comenta.

Essa prática, além de poluir o meio ambiente, pode transmitir doenças ao ser humano. Conforme o zootecnista Vagner Ribeiro, as fezes de cães podem transmitir vermes ao ser humano. Esses parasitas são eliminados de forma simples, mas, caso não seja tratada, isso pode causar a morte da pessoa.

“É muito importante manter o cachorro desverminado, pois os vermes podem ser transmitidos ao ser humano. É preciso seguir a recomendação do veterinário. O problema, nesse caso, são os cães de rua, que não existe esse controle e tem a possibilidade de transmitirem doenças”, comenta.

Quanto aos cães que possuem dono, Vagner destaca que deve haver a conscientização dos donos quanto ao recolhimento e descarte correto das fezes do animal.

“O certo é a conscientização de todos quanto a isso, saber que o cachorro quando vai para rua vai fazer as necessidades. É sempre recomendado recolher as necessidades do cachorro em uma sacolinha e descartar corretamente. Muitas pessoas levam até uma garrafa de água para quando o cão fazer xixi, já limpar com água, são pessoas bem conscientes quanto a isso”.

Quanto ao descarte correto, o recomendado é jogar as vezes no vaso sanitário, sem a sacolinha. Ou, ainda, descartar no lixo comum, para que essas fezes não fiquem no ambiente, mesmo não sendo este o descarte ideal.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais