(49) 9 9989.9002
(49) 3433.3173

Haitianos superam dificuldades e buscam por uma vida melhor em Xanxerê

19 de abril de 2018 - 10:12 / Comunidade Lance Notícias Variedades Xanxerê | Comentários
Haitianos superam dificuldades e buscam por uma vida melhor em Xanxerê Haitianos superam dificuldades e buscam por uma vida melhor em Xanxerê. (Foto: Divulgação)

Muitos haitianos que vieram para o Brasil em busca de melhores condições de vida, ainda esbaram no preconceito e na dificuldade de encontrar emprego. A situação pode ser notada em Xanxerê, onde três famílias de haitianos, contam com a ajuda do CRAS do Bairro Nossa Senhora de Lourdes para conseguir emprego e alimento.

Desde do ano passado a Assistência Social de Xanxerê está realizando o cadastramento desses moradores, para conhecer suas necessidades e também prestar apoio. O local com maior número de cadastros é no Bairro Nossa Senhora de Lourdes.

“Nós estamos atendendo as famílias que já estão em acompanhamento conosco. As novas demandas são atendidas pelo setor de benefício eventual da secretaria. Hoje o CRAS atende três famílias, porque geralmente quando eles conseguem suprir a necessidade eles avisam que não vão mais precisar de ajuda”, explica Patrícia Muller responsável pelo CRAS.

As famílias cadastradas no CRAS recebem auxilio com alimentação e vestuário. “Das famílias que atendemos a principal carência é alimentação e vestuário. Tivemos um atendimento nos últimos dias que foi de auxílio funeral de uma família que acompanhávamos, mas agora esposa vai continuar recebendo acompanhamento”.

Quando chegam em Xanxerê as famílias são encaminhadas para a Secretaria onde passam por avaliação, onde são identificadas as suas principais dificuldades. “Como é uma coisa eventual e momentânea, nós encaminhamos para lá onde é feita uma avaliação pela assistência social, se ela ver se a família precisa de um acompanhamento ai então é encaminhado para o CRAS. No quesito de emprego, alguns já conseguiram trabalho, mas eles tinham sim uma grande dificuldade de encontrar. Neste ano não tivemos uma demanda grande nesse sentido. Nós tínhamos mais famílias que recebiam auxilio, mas como eles avisam quando não precisam mais, o número foi diminuindo”, destaca Patrícia.

O grupo também recebe apoio da Associação dos Haitianos de Xanxerê – AHXA, a mesma também tem por objetivo auxiliar os haitianos nas suas necessidades.

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário