(49) 9 9827.3230

Informações sobre os R$ 5 milhões investidos nas estradas do interior são solicitadas

13 de outubro de 2017 - 08:35 / Comunidade Lance Notícias Xanxerê | Comentários
Informações sobre os R$ 5 milhões investidos nas estradas do interior são solicitadas Imagem Ilustrativa (Foto:Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

Em fevereiro deste ano, os vereadores Wilson Martins dos Santos (PSDB) e João Paulo Menegatti (PTB), apresentaram requerimento solicitando a prestação de contas dos R$ 5 milhões gastos com as estradas do interior.

Na sessão da última quarta-feira (11), o vereador Tucano apresentou um Requerimento para que o executivo prestasse mais algumas informações para contribuir na finalização deste estudo.

O Requerimento, que foi aprovado de forma unânime pelos vereadores, teve como objetivo saber quais as cascalheiras que foram utilizadas para retirar todo o cascalho usado na recuperação das estradas. Se foram utilizadas máquinas do município para ajudar na frente de trabalho que não estava licitada, concomitante aos serviços prestados pela licitação. Qual tipo de maquinário e em que local foram utilizadas. Qual foi o procedimento de controle das horas máquinas contratadas pela administração pela empresa vencedora da licitação. Quem colhia estas informações. Que local eram colhidas estas informações.

Wilson Martins dos Santos destaca que o objetivo do requerimento é descobrir se houve alguma irregularidade no serviço prestado.

“É um trabalho minucioso que estamos fazendo, tendo como objetivo levantar se houve alguma irregularidade neste serviço realizado pela administração. Tivemos muitas reclamações após as obras serem concluídas e, na sua maioria, diziam respeito a qualidade do serviço prestado, já que muitas estradas ficaram intransitáveis pouco tempo depois do término das obras. Muitas localidades reclamaram também de não terem recebido qualquer tipo de reparo nas estradas. Fato que deixa muita gente desconfiada pelo volume de recursos utilizados para as obras”.

Segundo o vereador, as informações solicitadas, tem como objetivo concluir o estudo. “Algumas informações estão um pouco suspeitas. Como a hora de início e encerramento dos trabalhos das máquinas. Segundo o relatório todas as máquinas começaram e encerraram no mesmo horário todos os dias trabalhados, uma coisa impossível de acontecer. Estamos verificando esta e outras situações como essa do cascalho que buscamos mais informações. Caso seja comprovada alguma irregularidade estaremos sim remetendo ao Ministério Público para que tome as devidas providências”, finalizou o vereador.

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário