(49) 9 9827.3230

Inquérito que investiga servidor de Xanxerê flagrado com veículo público em casa está em fase final

1 de agosto de 2017 - 10:55 / Comunidade Xanxerê | Comentários
Inquérito que investiga servidor de Xanxerê flagrado com veículo público em casa está em fase final O caso foi divulgado no dia 15 de março deste ano, pelo LANCENOTICIAS.com.br. (Foto: divulgação)

A 2º Promotoria de Justiça de Xanxerê instaurou, no mês de junho, um Inquérito Civil para investigar a conduta de um servidor público de Xanxerê, que foi flagrado com veículos da secretaria da saúde em sua residência, em dias e horários alternados.

O caso foi divulgado no dia 15 de março deste ano, pelo LANCENOTICIAS.com.br.

De acordo com o Promotor Marcos Augusto Brandalise, o processo está em fase final, sendo realizado as oitivas. O próximo passo é a conclusão do Inquérito.

“O próximo passo é requisitar algum documento que falta, em razão das informações obtidas nos depoimentos. Por exemplo, nós queremos saber qual o custo de um veículo com o motorista para o município. A partir disso, vamos para as fases das conclusões”, disse.

O promotor comenta que o caso deve ser concluído nos próximos dias. “Nós vamos pegar todos os documentos que já temos e vamos para a fase de conclusão do inquérito. Então dentro de pouco dias nós vamos concluir se houve a prática de improbidade, e se houve, quais as medidas que serão tomadas”.

Caso seja comprovado o ato de improbidade, será proposto para o servidor um ajuste de conduta para ressarcir os cofres públicos.

“Se concluir pela existência do ato de improbidade, que ele não poderia estar usando o carro para fins particulares, no primeiro momento nós vamos propor um ajuste de conduta para ele ressarcir os cofres públicos e caso ele não aceite, vamos ajuizar uma Ação Civil Pública. Caso não se comprove o ato de improbidade, o procedimento será arquivado”.

Outros casos

Marcos Augusto, destaca que existem outros casos, que também estão sendo investigados pela 2º Promotoria de Justiça de Xanxerê.

“Nós temos em torno de três ou quatro inquéritos que tratam do mesmo assunto e que versam sobre a mesma situação, que é a utilização de veículos públicos para fins particulares. O que temos analisado, é a questão se ele estava em serviço e não está causando prejuízo, ou se ele está causando prejuízos com os fins voltados para obter algum benéfico particular”.

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário