(49) 9 9827.3230

Laudo aponta asfixia como causa da morte de Maiara

2 de junho de 2017 - 15:55 / Comunidade Polícia Xanxerê | Comentários
Laudo aponta asfixia como causa da morte de Maiara Fotos: Rede Social

O delegado que acompanha as investigações da morte de Maiara Paola Dill, de 22 anos de Xanxerê, ainda aguarda o resultado dos exames laboratoriais e do local da morte da jovem, para concluir o inquérito policial. Por enquanto, apenas o laudo cadavérico ficou pronto, mas o delegado afirma que é necessário aguardar os outros resultados para se chegar à conclusão.

O laudo cadavérico da jovem apontou asfixia como a causa da morte. Questionado sobre os detalhes do laudo, o delegado comentou que ainda não irá revelar.

“O que podemos falar a princípio é que o laudo apontou asfixia causada por hemorragia pulmonar, outros detalhes ainda não podemos revelar pois faz parte da investigação. Aguardamos o resultado dos demais exames”, diz.

O namorado da jovem alega que ela teria se afogado com alimento. Sobre o sangue encontrado na casa, ele diz ainda que teria tentado puxar a língua da jovem na tentativa de salvá-la, quando acabou cortando a boca da vítima causando o sangramento.

O inquérito tem 30 dias para ser concluído, podendo ser prorrogado.

Leia também:

ÁUDIO: “complexo”, diz delegado sobre caso de jovem que morreu em Xanxerê

 

 

 

Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário