MP segue acompanhando aumento da taxa de lixo em Xanxerê

10 de abril de 2018 10:47 | Comunidade , Lance Notícias , Meio Ambiente , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
MP segue acompanhando aumento da taxa de lixo em Xanxerê Foto: Valdecir Galor/SMCS

O aumento da taxa de lixo em Xanxerê gerou muita discussão e debate. O fato que gerou indignação em muitos xanxerenses, foi encaminhado para análise no Ministério Público, que continua acompanhando o caso.

A Prefeitura de Xanxerê alegou que desde 2005 que a administração municipal não teve aumento real na execução do serviço de coleta de lixo, apenas atualização. Somente no ano de 2017 o déficit foi de R$ 2,5 milhões aproximadamente, o que ensejou a retirada deste valor da Secretaria Municipal de Obras. Com recursos retirados da Secretaria para custear o serviço, a administração passou a ter limitações para investir. Outro fator levantado pela Prefeitura é forte a inadimplência com o pagamento dos tributos, cujo percentual está perto dos 30%, o que influencia na elevação do valor, correspondendo a R$ 12 milhões lançados em dívida ativa.

Diante disso, o Ministério Público, por meio da 2º Promotoria de Justiça de Xanxerê, vem acompanhando o caso. O promotor responsável, Marcos Brandalise, explica que um estudo está sendo feito, em relação ao que é gasto e o que é cobrado.

“Nós estamos aguardando um estudo do Centro de Apoio referente uma perícia, um levantamento, para verificar se o que está sendo gasto e o que está sendo cobrado. Nesse momento estamos aguardando esse estudo. Não temos um prazo definido para que isso seja concluído”.

O Projeto que regulamentou o aumento do IPTU e a taxa de lixo dos xanxerenses foi aprovado na Câmara de Vereadores, ainda em setembro de 2017. Os novos reajustes começaram a ser aplicados neste ano.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais