(49) 9 9827.3230

O artesanato como forma de estímulo para os alunos da Apae de Ipuaçu

24 de junho de 2017 - 16:52 / Comunidade Variedades | Comentários
O artesanato como forma de estímulo para os alunos da Apae de Ipuaçu Fotos: Divulgação

Um retalho, um tecido, um pincel, um sorriso e muita determinação. Tudo vira arte quando os alunos expressam seus talentos, manifestando suas habilidades que viram lindos artesanatos.

Como uma forma de estimulação, o artesanato é uma das atividades desenvolvidas pelos alunos da APAE de Ipuaçu. Acompanhados por um professor, eles confeccionam vários materiais como estopa, tapetes de retalho e os de tear, toalhas bordadas, bruxa de vassoura, tapetes de pompom, pintura em tecido, objetos decorativos etc. Além disso eles usam a máquina de costura e o tear.

O objetivo é oportunizar através do trabalho artesanal o desenvolvimento das habilidades manuais de cada um. Isso faz com que o aluno possa explorar e expandir sua criatividade e consequentemente despertar para o exercício de uma profissão.

Além disso, a prática destas atividades artesanais desenvolve a atenção, concentração e coordenação motora dos alunos. “Trabalhamos a motricidade que são um conjunto das funções nervosas e musculares do corpo, a estimulação da coordenação motora, e o pedagógico com os alunos. O resultado além das estimulações, é a felicidade e autoestima deles, o que contribui muito” ressalta a professora e coordenadora pedagógica Neide Mezzalira Macetti.

A finalidade além de ensinar é também valorizar os trabalhos comercializando os materiais produzidos. Os artesanatos são vendidos na APAE e expostos para venda nos eventos que a entidade promove.

“A maioria dos materiais utilizados são de doações. Por isso é importante a colaboração da população. Quem tiver roupas usadas, tecidos que não utilize, pode estar levando até a APAE que tudo será aproveitado” destaca a diretora Vânia Schenatto.

Assessoria de Imprensa

 

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário