Promoção dia dos Pais

Projeto da Apadavix possibilita pessoas cegas aprenderem a matemática

12 de julho de 2018 10:35 | Lance Notícias , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp

Pessoas cegas ou de baixa visão tem a oportunidade de aprender a matemática. As aulas são ofertadas pela Associação de Pais e Amigos de Deficientes Visuais e Auditivos (Apadavix) de Xanxerê. O método utilizado é o soroban.

Soroban é um recurso utilizado para o ensino aprendizagem da matemática, que costuma ser usado pelos deficientes visuais para a realização das operações aritméticas. Por ser um instrumento palpável, o soroban possibilita a efetuação da conta matemática de forma mais concreta, sendo um facilitador, principalmente para as crianças que estão iniciando o aprendizado da matemática. No caso dos deficientes visuais, o soroban é um instrumento de aprendizado indispensável e fundamental.

Na entidade as aulas são ministradas pelo professor Ricardo Cavalheiro. São aproximadamente 30 alunos, que frequentam o local duas vezes por semana.

“O soroban é um aparelho que utilizamos para ensinar os alunos. Aqui na Apadavix nós atendemos cegos e pessoas de baixa visão. São duas aulas por semana, equivalente a 150 minutos”, destaca o professor.

Cada eixo do soroban contém cinco bolinhas, sendo quatro bolinhas na parte inferior, em que cada bolinha representa o valor um e uma bolinha na parte superior, que corresponde ao valor cinco. Cada eixo com cinco bolinhas permite a representação dos algarismos de zero a nove. Na régua de numeração do soroban são localizados traços e pontos. Os traços são indicativos de separação de classes, barra de fração ou vírgula decimal.

Foto: Divulgação

Interessados em realizar as aulas devem entrar em contato pelo número (49) 3433-6245.

 

Com informações site Bengala.legal


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais