Projeto de equoterapia auxilia cerca de 20 alunos com deficiência

13 de março de 2018 11:23 | Animais , Comunidade , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Projeto de equoterapia auxilia cerca de 20 alunos com deficiência Atividade de Equoterapia da FCDX. (Foto: Divulgação)

A Fraternidade Cristã da Pessoa com Deficiência Física (FCDX) realiza regularmente a Equoterapia. Para o método terapêutico se utiliza os cavalos. As atividades visam ativar a autoconfiança e a autoestima nos alunos participantes e melhoram o desenvolvimento das pessoas com deficiência.

As aulas são realizadas semanalmente no Parque da Femi em Xanxerê e atualmente beneficia 20 alunos. “As nossas aulas têm o objetivo de melhorar o desenvolvimento dos nossos alunos, elas são totalmente gratuitas e acontecem no Parque da Femi. Cada aluno participa de uma aula que dura em média 30 minutos”, explica o presidente da instituição Fábio Maraskin.

A Equoterapia, que é realizada com o cavalo, exige a movimentação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio dos alunos.

“Nas aulas de equoterapia se utiliza o cavalo como o principal agente promotor de ganhos físicos, psíquicos, os resultados são muito importantes e para continuar com esse projeto, nosso objetivo é arrecadar recursos e fazer parcerias com os empresários para que esse trabalho possa ser desenvolvido”, comenta Fábio.

Atualmente a FCDX possui dois voluntários que buscam no município empresas que desejam ser parceiras na realização das atividades. “Como as aulas são gratuitas nós precisamos de ajuda financeira principalmente para a compra de ração e medicamentos para os animais e arcar com alguns custos, por isso estamos em buscas de parceiros”.

As empresas que desejam auxiliar a instituição podem entrar em contato pelo telefone: (49) 3433-5175. A sede da FCDX fica situada na Rua Amazonas, número 404, no centro de Xanxerê.

 

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais