(49) 9 9827.3230

Projeto propõe que agendamentos de consultas nos postos de saúde sejam feitos pelo RH das empresas

2 de março de 2017 - 10:42 / Comunidade Saúde Xanxerê | Comentários
Projeto propõe que agendamentos de consultas nos postos de saúde sejam feitos pelo RH das empresas (Fotos: Divulgação)

Nesta quarta-feira (1º), o LANCENOTICIAS.com.br divulgou a reclamação dos moradores do Bairro Vila Sésamo, referente a demora para retirar fichas para consultas no Posto de Saúde.

O mesmo assunto que também ocorre em outros bairros no município, foi discutido na sessão da Câmara de Vereadores, que ocorreu na noite de ontem (1º). Na oportunidade, o vereador Vilson Picolli, realizou um requerimento onde visa que as empresas através do setor de RH possam agendar a consulta diretamente no Posto de Saúde.

“Em virtude do que veio ser mostrado ontem na reportagem, esse requerimento vai fazer com que a empresa tenha o servidor que não precise ficar sem trabalhar e, o servidor não vai precisar enfrentar fila para marcar consulta”, comenta o vereador.

Picolli destaca ainda que aderindo a essa indicação, as filas para retirar fichas irão diminuir consideravelmente, “Eu acho que em uma época que vivemos é preciso evoluir, como existe em outros municípios. O setor de RH, é o que tem todo o conhecimento do funcionário, ele vai realizar o agendamento, receber o comprovante e no dia da consulta a pessoa vai consultar. Isso irá diminuir a fila de espera e vai evitar transtornos. É algo que irá contribuir muito para a saúde do município. Outra indicação é que o município possa contratar terceirizados para fazer exames e consultas. Porque não temos todos os médicos disponíveis, então com esses convênios irá facilitar o agendamento”.

Durante a sessão o vereador e presidente da casa, Adriano de Martini se manifestou em relação aos atendimentos nos postos de saúde.

“Hoje nós acompanhamos as grandes filas de espera para conseguir tirar fichas no posto de saúde, então é uma situação muito complicada e que está chegando até nós. Precisamos ter uma solução definitiva para esse problema. Nós precisamos que a secretaria dê uma solução, tendo em vista o atendimento das pessoas, pois é inadmissível o que ocorreu hoje e para isso precisamos de uma reposta”.

A indicação do vereador foi aprovada por unanimidade e o executivo tem prazo de 15 dias para resposta.

 

 

 

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário