Projetos incentivam agricultores a permanecerem com as atividades no campo

8 de agosto de 2018 15:43 | Agricultura , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Projetos incentivam agricultores a permanecerem com as atividades no campo (Foto: Arnaldo Alves - ANPr.)

Cerca de 70% dos alimentos que chegam até a mesa do consumidor são produzidas no campo e dependem do trabalho dos produtores rurais. Nos últimos anos, muitas pessoas têm deixado o campo em Santa Catarina, em busca de oportunidades de trabalho nos centros urbanos. Agora, no entanto, alguns têm feito a escolha inversa, a de ficar. Esses, começam a se especializar na agricultura.

Em Xanxerê e em outros municípios, a especialização ocorre por meio de um programa disponibilizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). De acordo com a extensionista, Dulcineia Cenzi, o objetivo dos programas é auxiliar as famílias que resolveram permanecer no campo.

“Nós trabalhos de modo geral com extensão no meio rural e a nosso trabalho é que para que as pessoas que ficam no campo, que fiquem com qualidade. A Epagri nunca trabalha para que as pessoas sejam proibidas de sair, mas aquelas que permanecerem, que permaneçam com qualidade, tanto na renda, no ambiental ou social”, explica.

Além disso, o que se busca sempre, é proporcionar o incentivo aos agricultores. “Esses trabalhos são realizados em Xanxerê e outros municípios. Além disso, tem a parte de pesquisa que são específicos para a agricultura familiar. Então buscamos incentivar além do grande produtor, o pequeno. Estes trabalhos envolvem a produção de alimentos de qualidade. O foco é sempre produzir e vender bem”, conclui.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais