(49) 9 9827.3230

Regularização dos veículos de tração animal deve ocorrer no prazo dois anos em Xanxerê

29 de junho de 2017 - 10:33 / Animais Comunidade Lance Notícias Xanxerê | Comentários
Regularização dos veículos de tração animal deve ocorrer no prazo dois anos em Xanxerê Foto: Alessandra Bagattini/ Lance Notícias

Na manhã desta quinta-feira, 29, diversas entidades de Xanxerê, estiveram presentes em uma reunião para debater o Projeto de Lei AM 032/2017, que visa a redução gradativa da circulação de veículos de tração animal no perímetro urbano do município em um prazo de dois anos.

Medidas estão sendo tomadas para esclarecer os passos para a implementação de ações para animais e pessoas que dependem desse meio para obter o seu sustento.

Fernando Dal Zot, assessor jurídico da Prefeitura do Município, comenta que diversas entidades devem ser parceiras da administração para o programa ser realizado, “tanto o projeto de lei quanto a ideia da administração, não são apenas o cuidado com o animal, mas também uma preocupação com as pessoas depende desse tipo de trabalho para sua subsistência. Inicialmente foram convidas para participar do programa Unoesc, IFSC, SENAI, Sebrae, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, as Secretarias do município e qualquer outra entidade que queira participar serão bem-vindos. Encaixando nos setores que vamos trabalhar, seja na assistência ao catador, no fortalecimento das associações ou no próprio cuidado e sanidade com o animal”, destaca Fernando.

Para a administração o principal objetivo não é reduzir a complexidade do problema, “seria muito simples para a administração hoje proibir o uso de veículos de tração animal em Xanxerê, mas o problema não é tão simples, ele é complexo porque envolve a questão de sanidade e bem-estar do animal, questões ambientais, e social muito séria envolvida com quem precisa da reciclagem como meio de sustento”, finaliza o assessor.

O Prefeito do município Avelino Menegolla também enfatiza que o problema não pode ser tratado como uma questão de fácil resolução, “não é simplesmente tirar essas pessoas que estão fazendo esse trabalho, que também acaba ajudando na questão ambiental, nós temos que ter cuidado pois são o ganha pão deles. Hoje esse projeto vai fazer com que a gente possa encaminhar de uma outra forma para que essas pessoas que dependem da reciclagem, possam realizar o seu trabalho”, ressalta Menegolla.

Após reuniões para a discussão do Projeto, a Lei deve seguir para votação na Câmara de Vereadores, como explica o vereador Adriano de Martini, “o projeto entrou no expediente na última sessão do mês, ele está sob análise das comissões permanentes dentro da Câmara de Vereadores. Depois de realizados alguns debates a respeito do Projeto, acredito que ele vá para votação ainda no mês de julho”, salienta Adriano.

Se aprovada a Lei, será realizado o cadastramento de todos os veículos de tração animal do município, em um prazo de 30 dias, neste mesmo momento ocorre a avaliação dos animais. Conforme a situação do animal, serão tomadas as providências.

Fotos: Rafaela Forchesatto/ Lance Notícias

Por: Rafaela Forchesatto

Deixe seu comentário