Reunião para definir fluxo de trabalho do Programa de Controle de Zoonose é realizada

3 de agosto de 2018 13:25 | Animais , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Reunião para definir fluxo de trabalho do Programa de Controle de Zoonose é realizada Foto: Divulgação

A Prefeitura de Xanxerê iniciou as reuniões para colocar em prática as ações do Programa de Controle de Zoonose. O decreto foi assinado em janeiro e, no mês de julho firmado contrato com a Unoesc – através de licitação – que vai prestar as consultas, exames, cirurgias e castrações nos animais, vítimas de maus-tratos ou feridos. Por isso, na manhã desta sexta-feira (3), ocorreu uma reunião com representantes das Ongs Ama e Bem-Estar Animal, além da equipe técnica das Secretarias Municipais de Políticas Ambientais e Assistência Social, bem como a Vigilância Sanitária.

O fluxo de trabalho passa a ser elaborado a fim de ajustar os encaminhamentos para efetivamente iniciar os atendimentos. Conforme o advogado da prefeitura, Fernando Dal Zot, é preciso estabelecer a porta de entrada dos animais, identificar a situação e realizar as deliberações.

“De acordo com o decreto que cria o Programa de Controle de Zoonoses, a estratégia estabelecida para iniciar as atividades orienta que devem ser atendidos, com prioridade, animais feridos e em situação de maus-tratos, bem como aqueles em que seus tutores estejam inseridos em cadastro a ser realizado pela coordenação do controle de zoonoses, desde que atendidos os requisitos do programa”, explica.

De regra, o fluxo de trabalho inicia pela Vigilância Sanitária, que vai executar o Programa de Controle de Zoonose e seguirá para os demais órgãos até chegar ao Hospital Veterinário da Unoesc Xanxerê. Outros encontros devem ocorrer, até que se estabeleça definitivamente o processo de atendimento.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais