Saiba como a cachaça de alambique é produzida

2 de agosto de 2018 13:58 | Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Saiba como a cachaça de alambique é produzida (Foto: Divulgação)

São muitos os apreciadores de uma boa cachaça. Muitos a consomem diariamente, muitas vezes como um aperitivo antes das refeições. Mas, poucos sabem quais são os processos pelo qual o líquido passa até chegar a embalagem no qual ele é comercializado.

O LANCENOTICIAS.com.br acompanhou a rotina de produção da cachaça Refazenda, bebida que já recebeu diversos prêmios e o dono do negócio, Selito Bordin, explicou sobre o processo.

Para sua produção, primeiro é colhido a cana na lavou e transportada até o local onde ela é moída. Nesse local, o caldo e o bagaço são separados. O bagaço volta para a lavoura para servir de adubo e o caldo de cana passa por um sistema decantação e é reservado em tonéis de alumínio, onde permanece de 18 a 24 horas misturado com um fermento que irá transformar o açúcar do caldo de cana em álcool.

Depois, o líquido é repassado para outro recipiente antes de ir para o alambique, para que não cheguem resíduos sólidos no destilador, apenas o líquido. Nessa parte do processo, o caldo de cana fermentado é chamado de vinho de cana.

Esse líquido é fervido. A caldeira faz fogo, aquece água, produz vapor e o vapor segue por uma tubulação para esquentar e ferver o vinho de cana. O vapor não entra em contato direto com o líquido. O aquecimento se dá pelo vapor que vem pela serpentina.

Cerca de 15% do líquido vira álcool. Ele ferve, evapora, passa por um tubo de resfriamento e o isso faz com que o vapor vire líquido, e assim se forma a cachaça. Após esse processo, parte da cachaça é armazenada em recipientes de vidro e outra parte é colocada em tonéis de madeira, para que a cachaça mude de cor e aroma.

Todo o processo de produção dura cerca de dois dias.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais