Promoção dia dos Pais

Vereador faz indicação pedindo implantação urgente do “programa pré-natal de alto risco” em Xanxerê

25 de novembro de 2016 09:16 | Comunidade , Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Vereador faz indicação pedindo implantação urgente do “programa pré-natal de alto risco” em Xanxerê Foto: Raquel Toth

O Vereador Flávio Filappi, fez a indicação Nº 149/2016 na Câmara de Vereadores, na última sessão do dia 23 (quarta-feira), para que o Executivo Municipal, junto com a Secretaria Municipal de Saúde, implante, em caráter de urgência, o programa pré-natal de alto risco. Segundo o vereador, que também é médico ginecologista o número de mulheres grávidas com problemas de saúde e que necessitam de um acompanhamento especial é alto em Xanxerê.

O Vereador alerta que o programa pré-natal de alto risco deveria contemplar adolescentes e mulheres grávidas com patologias como diabetes mellitus, hipertensão, cardiopatias e portadoras de DSTs. E, que estas tivessem acompanhamento obrigatório com ginecologista e obstetrícia, acompanhamento psicológico, prioridade em exames laboratoriais, consultas mensais ou trimestrais, ultrassonografia com acompanhamento de laudo específico e complementação com avaliação de especialista.

“Nós temos constatado que em Xanxerê nós temos mil mulheres grávidas por ano e nós que já tivemos em Xanxerê cinco ginecologistas trabalhando nos postos, cinco pediatras, já tivemos a clínica da mulher, clínica da criança, hoje esse serviço da saúde está extremamente prejudicado. Hoje os clínicos gerais fazem o acompanhamento dos pré-natal e como eles não tem esse preparo adequado na área de obstetrícia, tem acontecido que muitas dessas mulheres tem tido sérias complicações e essas complicações estão parando na porta do hospital. Como consequência, muitas dessas mulheres gestantes, não tendo o atendimento necessário acabam procurando o hospital, muitas já com doenças em estágio mais avançado. Isso faz com que essas mulheres fiquem internadas e o nascimento de crianças prematuras e, dessas, muitas vão à óbito. Hoje está um estado de calamidade pública em Xanxerê por não ter esse tipo de atendimento”, diz Filappi.

O vereador, durante a sessão ainda alertou que a maioria dos xanxerenses dependem do serviço público de saúde e providências precisam ser tomadas.

“As mulheres que tem recursos financeiros estão procurando os pré-natais particulares, lá elas conseguem o atendimento adequado, mas com certeza muitas dessas mulheres não têm o dinheiro todo o mês para pagar a consulta, ultrassom, exames, elas precisam do SUS. Nós sabemos que mais de 80% da população xanxerense depende dos serviços públicos.  Nós hoje não temos qualidade e nem quantidade”, finaliza o vereador.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais