Xanxerê sedia nos 25, 26 e 27 o Movimento Cultural Mandinga Oeste

24 de novembro de 2016 09:01 | Comunidade , Esporte em destaque , Evento , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Xanxerê sedia nos 25, 26 e 27 o Movimento Cultural Mandinga Oeste (Foto: Divulgação)

O Centro Cultural e Artístico Resistência Popular, em parceria com a secretaria de assistência social de Xanxerê, realiza o Movimento Cultural Mandinga Oeste. O evento será realizado nos dias 25, 26, 27 de novembro, nas cidades de Xanxerê e Faxinal dos Guedes com programações diversificadas.Entre as atividades a ser desenvolvidas estão: oficina de Capoeira Angola, Maculelê, Puxada de rede, Dança – Afro Samba de roda, Tambor de Criola, Afoxé, formaturas, festival, palestras, passeio ecológicos, exposição de material antigo, visitas a museus e pontos turísticos, atividades lúdicas, shows e apresentações culturais.

Sexta-Feira dia 25/11/16 às 19h30min acontece no auditório da prefeitura Municipal de Xanxerê palestra sobre direito de acesso a cultura e combate ao trabalho infantil, o palestrante será Paulo Henrique Gonçalves de São José dos Pinhais/PR, formado em direito pela PUC/PR, advogado, mestre em direito constitucional, professor, pesquisador e membro do Centro de Estudos da Cultura Afro-Brasileira do Paraná. A entrada é franca e aberta a toda comunidade.

O evento tem como público alvo crianças, adolescentes de projetos sociais, professores e alunos da rede de ensino e demais entidades educacionais, gestores, secretários, produtores culturais, e comunidade em geral do município de Xanxerê e Região, independentemente da cor, sexo, religião ou renda especifica, pois entendemos que o acesso a cultura é direito de todos os cidadãos. O evento conta com a presença de alunos, professores e mestres de varias regiões do Brasil e do Exterior.

Esses eventos tiveram início em 1999, com a realização do 1º encontro, desde então todos os anos em datas oportunas, realizamos esse que é considerado o maior encontro da Cultura Afro-Brasileira no Oeste Catarinense. Os encontros tem objetivo de promover o repasse de conhecimentos, promover o intercambio cultural entre os praticantes e simpatizantes desta arte, partindo do pressuposto que o conhecimento, a continuidade, o apoio financeiro e logístico são indispensáveis para a realização de um trabalho de qualidade e de projeção futuras.  Nesses 17 anos de eventos inúmeras oficinas foram desenvolvidas, o fruto desse trabalho resultou na gravação de três DVD, no gênero de samba de roda e de capoeira angola.

O evento busca manter um contato direto dos alunos de escolas e da comunidade em geral com a cultura de nosso país, buscando despertar maior interesse às diversidades culturais, que traz com sigo a transmissão de conhecimentos passados de geração em geração de forma verbal e através da prática da arte. Atuando diretamente na formação do cidadão.

Experiências absorvidas pelo trabalho desenvolvido revelam que o estudo e prática das manifestações culturais realizada de forma conjugada as atividades escolares podem ser utilizadas como importante recurso no processo didático pedagógico. Sua pratica estimula e desenvolvem os importantes aspectos de hierarquia, respeito ao próximo, companheirismo, integração, desenvolve a auto-estima, melhorando a qualidade de vida do individuo.

 

Tema: Crianças precisa ter acesso à cultura, trabalhar quando crescer.

Idealizadores: Centro Cultural e Artístico Resistência Popular – CCARP

Apoio: Secretária de Assistência Social de Xanxerê

Coordenação: Contramestre Adriano Vittorazzi

(Assessoria de imprensa)

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais