(49) 9 9989.9002

Xanxerenses passarão a contar com a Sala do Empreendedor para auxiliar na abertura de novas empresas

10 de abril de 2018 - 11:13 / Comunidade Economia Xanxerê | Comentários
Xanxerenses passarão a contar com a Sala do Empreendedor para auxiliar na abertura de novas empresas Imagem ilustrativa (Foto Edison Renato/PMSJP)

Como forma de atender cada vez melhor os empresários que já estão instalados em Xanxerê e também novos empresários para o município a administração municipal estuda a implantação de uma Sala do Empreendedor. O projeto será desenvolvido em parceria com o Sebrae, que já mantém esse projeto com diversos municípios do país.

Conforme o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Charles Rabaiolli, por hora a prefeitura está capacitando servidores para atender os empresários e pessoas que procurem a sala. “Primeiro estamos capacitando internamente alguns funcionários que vão trabalhar nessa sala para receber pessoas que tenham interesse em abrir alguma empresa no município, para que elas possam atender quem procurar a sala com informações qualificadas”, comenta.

A intenção é instalar essa sala próximo ao setor de tributação que, segundo o secretário, é o setor que mais concentra informações sobre encaminhamentos para abertura de empresas. A expectativa é que a sala seja aberta ainda nesse ano.

“A ideia da Sala do Empreendedor é para que as pessoas que desejam abrir uma empresa tenham essa assistência do que precisa para abrir e se alguma pessoa que tenha vontade de abrir possa consultar qual a viabilidade da abertura dessa empresa. Também empresários que tenham algum problema com algum alvará, que tenha nessa sala alguma pessoa com capacidade para ajudar. Queremos também auxiliar os microempreendedores individuais também com a questão do cadastro e auxiliar o pessoal”, explica.

A ideia é concentrar diversos serviços em um único lugar para que o empresário consiga sair de lá com o maior número de informações e orientações possíveis. “Muitas coisas também vai ser orientado para que o profissional procure outros profissionais, como um contador, por exemplo. Também orientar para as pessoas analisarem antes de alugar um local verificar se esse local tem todos os alvarás, para o empreendedor não ter problema depois. Seria um trabalho que já vem sendo feito mas de uma forma mais concentrada e um atendimento mais especializado”, conclui o secretário.

Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário