A nossa homenagem: Getuliano Michelin

31 de março de 2016 15:19 | Rogério Côlvero
A nossa homenagem: Getuliano Michelin Foto: Patricia Silva/ Lance Notícias

Nasceu em 29 de abril de 1938 na cidade de Concórdia.SC, filho de Domingos Michelin e Vergínia Michelin. Chegou em Xanxerê em 1950. Aos 28 anos de idade casou-se com Geneci, e deste casamento nasceram as filhas Geslaine, Graciane, Luciane e Rejane.

Exerceu atividades no ramo de comércio, indústria de madeira e finalmente na agropecuária. Com uma admirável folha de serviços prestados, destaca-se a contribuição de Michelin ao município de Xanxerê.  Atuou como conselheiro da Igreja Católica Senhor Bom Jesus, integrou a Comissão responsável  pela organização e fundação da referida Igreja e participou de sua diretoria em várias gestões. Auxiliou na organização da congregação das irmãs católicas e na organização dos irmãos Lassalistas em Xanxerê. Foi um dos organizadores e fundadores do Esporte Clube 14 de Julho.

Filiado ao Partido Democrático Cristão-PDC, lançou-se na vida pública concorrendo a vereador nas eleições municipais de 1962, sendo eleito com 368 votos. Integrou a terceira Legislatura do município, entre os anos de 1963/1966.

Depois de concluir seu mandato como vereador mudou-se para o município de Abelardo Luz.SC, fixando-se na atividade agropecuária.

O povo xanxerense agradece a Getuliano Michelin pelo grande trabalho que realizou pelo desenvolvimento do município. Lembra-se que Getuliano foi vereador na época em que os edis municipais não eram remunerados.  A nossa homenagem a GETULIANO MICHELIN.

Este dia não vou esquecer

Dia 31 de março de 1964  –  lembro quando na madrugada deste dia, trabalhando como locutor do horário na Rádio Guarathan, de Santa Maria-RS, o diretor da emissora mandou ficar no estúdio, não fechar a Rádio ( ela encerrava as atividades a uma hora da manhã ) e ler somente dois textos intercalados com uma música chamativa de uma orquestra de marchas militares com evidência para ao som de clarins  – os textos: “levanta brasileiro para que o golpe não te pegue na cama” e, “acorda brasileiro, levante, não deixe que o golpe de pegue deitado”.  Tratava-se da Revolução de 31 de março de 1964 que estava começando sob as ordens dos militares. E, no Rio Grande do Sul várias emissoras de rádio estavam em cadeia com a Rádio Farroupilha e Guaíba, transmitindo o discurso ( gravado) de Leonel Brizola que “gritava aos ventos” pela Legalidade. Ainda no estúdio, logo em seguida, chegaram três militares do exército de Santa Maria ( lá, naquela época tinha 14 quartéis do exército ) e retiraram os textos que eu estava apresentando e determinaram que este locutor apresentasse a programação normal do horário – “ sem interferências” disse um Sargento em voz alta e rompante. O prédio da emissora já está cercado. A rádio funcionava no quinto andar, na Rua Dr. Bozano, Primeira Quadra, em cima do Café Cristal, no centro de Santa Maria. Fui até a sacada e observei os militares e as viaturas. Ninguém entrava, ninguém saía. O tempo passou e nestes 52 anos a lembrança ficou. Eu tinha apenas 17 anos de idade e com tamanha responsabilidade na história do país, na comunicação via rádio. Mais tarde ouvia dizer ter sido a revolução “um golpe militar”. O Rio Grande do Sul, com o governador Leonel Brizola havia se posicionado a favor da posse do então vice-presidente João Goulart e opositores não concordavam. A história conta tudo…

Neymar o craque e Lorena a craque

Neymar e Lorena a bailarina do Domingão do Faustão passaram o feriadão de Páscoa juntos na praia de Itapema.SC onde o jogador tem um apartamento. Depois, a bailarina acompanhou o craque para assistir a partida da Seleção Brasileira no Recife que jogou contra o Uruguai. Voltou depois do jogo com Neymar para SC e daí para as baladas em Balneário Camboriu.  Com os cartões amarelos ele não precisou jogar contra o Paraguai. Que beleza! (C.M-DC)

171

171 é o artigo do Código Penal que trata do crime de estelionato. A presidente Dilma precisa de 171 votos dos deputados contrários ao seu impeachment para se “salvar”.

Cooptar

No mensalão deputados foram cooptados e agora a Presidente vai usar os cargos do governo – mais de 600 – para cooptar aliados. Neste Brasil é grande a cooptação.

Saída dos Ministros

O PMDB com sua saída do governo, seis de seus ministros devem pedir demissão até 12 de abril. Eduardo Braga (Minas e Energia ), Helder Barbalho (Portos) e Mauro Lopes (Aviação Civil) até a próxima semana e Kátia Abreu (Agricultura), Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) e Marcelo Castro (Saúde) são considerados os mais resistentes pela cúpula do partido.  Fala baixo, têm ministro aí que não diz a que veio e o que fez.

Muita dívida em Chapecó

Chapecó um município em franco desenvolvimento, um orgulho do Oeste, um povo feliz mas tem 47,8% das famílias endividadas. Das famílias endividadas, segundo o SICOM, 11,3% estão com contas em atraso e 6,7% não terão condições de pagar. Ainda, 51,4% estão comprometidas com pagamentos por mais de um ano.  Claro que não é só em Chapecó, é geral.

FALA POVO

-“Petistas garantem que Michel Temer (PMDB) está no comando do golpe”.

-“Marina Silva, ex-senadora (Rede) acusa o PMDB de ser o maior sócio e beneficiário da gestão do PT nos últimos 13 anos”.

-“O custo da energia ao consumidor vai cair em abril com o fim das bandeirinhas tarifárias. Você acredita ou vamos esperar para ver…”

-“Se Enori Barbieri assinou ficha no PSD de Merísio em Xanxerê, vem mudança radical no andar até aqui da política e nas pré-candidaturas à prefeito.”

– “Tudo indica que, o PMDB, PSDB e PSD podem disputar as eleições com candidaturas próprias. Cada um arcando com seus custos e os gastos serão menores.”

– Barbieri há tanto tempo longe da comunidade terá pouco tempo para pedir votos, se for candidato a prefeito.

– Há comentários que, se o PSD vai trazer Barbieri lá da capital para disputar a eleição para prefeito, o PMDB também pode trazer o Julião que também tem um cargo no governo lá na capital.

———————————————————-


Por: Direto da Redação

Deixe seu comentário

Saiba Mais