Atleta representa a Unoesc em corrida de orientação

29 de abril de 2016 14:03 | UNOESC na Comunidade
Atleta representa a Unoesc em corrida de orientação Atleta representa a Unoesc em corrida de orientação (Foto: Divulgação)

 

Imagine, com apenas cinco anos de idade, participar de uma competição esportiva diferenciada e pouco conhecida. Quando atingir a idade adulta, a expectativa é que você esteja competindo em alto nível e atingindo grandes resultados no esporte. Essa é a realidade de Gelson Andrey Zago Togni, acadêmico do curso de Educação Física, da Unoesc Xanxerê, que pratica Corrida de Orientação.

Natural de Bela Vista (Mato Grosso do Sul) e hoje com apenas 21 anos de idade, Gelson é terceiro sargento da Força Aérea Brasileira (FAB), sendo liberado para treinar. Ele, que compete nessa modalidade motivado pelo seu pai, é, desde 2014, atleta de alto rendimento da FAB.

“Meu pai também era militar, tendo sido técnico da equipe do Brasil na modalidade, e, graças a ele, iniciei nesse esporte”, explica.

Gelson chegou em Xanxerê em dezembro de 2015, para treinar a Corrida de Orientação. Nessa modalidade, uma espécie de rally a pé, o atleta deve percorrer um trajeto (que varia de cinco a quinze quilômetros), munido de um mapa impresso (onde estão marcados os locais por onde ele deve passar) e uma bússola. O vencedor será aquele que conseguir aliar regularidade, fazendo o percurso no menor tempo, com preparo físico e habilidade de leitura de mapa.

A modalidade possui dois tipos de provas: Sprint — em áreas urbanas — e Tradicional — em florestas. Além disso, é dividida por idade e sexo. As provas costumam ser realizadas em áreas de muito verde.

Uma história de vitórias

Gelson começou a praticar a Corrida de Orientação em 2000, com apenas cinco anos de idade, na categoria Acompanhado. No momento, ele está participando de diversos campeonatos — Paranaense, Metropolitano de Curitiba, Brasileiro e Sul-Americano — pela Federação Paranaense e Clube de Orientação Gralha Azul.

Ele já disputou o Campeonato Mundial, em 2014 e 2015, na Noruega e na Bulgária, respectivamente. E seus resultados já surpreendem: foi cinco vezes campeão da Elite no Campeonato Sul-Americano da modalidade (de 2010 a 2014). Neste ano, pretende participar do Mundial Universitário, na Hungria, de julho a agosto.

“Resolvi cursar Educação Física porque, após parar de competir, pretendo ser técnico da modalidade. Aqui na Unoesc, os professores me acolheram muito bem e estão fornecendo um bom suporte técnico para eu competir”, destaca.

A Unoesc Xanxerê está apoiando o atleta, com uma bolsa de estudos no curso de Educação Física.

“Com o apoio que tenho recebido, acredito que irei realizar meu principal objetivo de atleta: ser o primeiro medalhista do Brasil nesta modalidade em um campeonato mundial na categoria individual”, afirma.

Conceitos de disciplina e superação

A coordenadora de Educação Física da Unoesc Xanxerê, professora Deonilde Balduíno, analisa que o acadêmico Gelson Andrey Zago Togni tem participação positiva no curso, pelos conceitos de disciplina e superação fazem parte de sua vida de atleta.

“O reconhecimento do acadêmico por nossos docentes é muito importante, pois reafirma o compromisso que temos na formação de profissionais competentes e éticos. Nesse sentido, desejamos que siga perseverante e obstinado para enfrentar os desafios que o esporte lhe proporciona. Afinal, é um jovem rapaz que poderá honrar ainda mais nosso país”, observa.

2


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais