Avelino: o retorno ao passado

11 de julho de 2016 10:48 | Rogério Côlvero
Avelino: o retorno ao passado

O PSD de Xanxerê já anunciou ser o ex-prefeito Avelino Menegolla o pré-candidato a prefeito. Sabe-se que já estava decidido com a influência do deputado estadual Gelson Merísio – isto confirmado pela fala do presidente do PSD local, Jelder Bavaresco, pela Rádio Princesa – e ao diretório municipal então, coube oficializar, que assim religiosamente o fez. Menegolla disse que “ eu quero respeitar a todos e a eleição passa e durante as eleições se cria inimizades e depois tudo passa e espero apoio sem brigas, respeitando as famílias; agora vamos buscar coligações e a indicação do vice que seja apoiado pela população”, falou Avelino com seu peculiar linguajar. Para muitos, será o retorno ao passado, pois Avelino foi prefeito durante dois mandatos (8 anos) e sempre disse que se não fez muito, mas esteve no comando do município para “ pagar as contas do prefeito anterior”. Ainda, pela imprensa falou que já “recebeu vários telefonemas de outros partidos que querem fazer coligação”.

Ficha limpa   

Diante de tanta corrupção “patrocinada” pelos políticos e com o descrédito da população brasileira que espera que os pré-candidatos a prefeito e vereadores destas eleições municipais, comprovem que suas fichas estejam “limpas”. Sabe-se que por este país afora, têm muitos ex-prefeitos e ex-vereadores – ou atuais – que podem estar comprometidos com a Justiça e esta fazendo tramitar processos contra eles. Se o povo eleitor está exigindo a “ficha limpa” cabe aos “sujos” terem vergonha na cara e aguardar a limpeza geral antes de se apresentarem nos palanques pedindo votos.

“República de Chapecó”

A imprensa de Chapecó, orgulhosamente diz que a “República de Chapecó” conta com cinco representantes na Assembleia Legislativa, entre eles o presidente da Casa deputado Gelson Merísio (PSD). Até nisso Chapecó quer se mostrar superior. Tudo bem, é admirável a postura da imprensa que se orgulha de seus representantes.  Para quem não sabe, e pensa que Merísio é de Xanxerê, se engana, pois o deputado estadual Gelson Merísio (PSD) há tempo transferiu seu título de eleitor para Chapecó e lá então, tem seu domicílio eleitoral.  Gelson nasceu em Xaxim, morou em Xanxerê e agora é de Chapecó. Que bom quando um deputado é disputado pelo povo, sinal de sua competência.

 

FALA POVO

– “Muitos deputados federais estão enrolados com Eduardo Cunha. Ele dá as ordens, manda, exige e vai eleger presidente da Câmara quem ele quiser. É o dito com o rabo preso”.

– “ Pelo que se observa, têm tucanos aqui pensando ser a “cereja do bolo”. Se o PSDB não lançar seu candidato… o rabo pode estar preso há tempo”.

– “ Pois no tempo do Bruno a briga foi grande com a tal de Pezzaioli. Com as áreas de terra na área industrial… etc. e tal. E agora, o Bruno vai ser vice de Menegolla? Duvido.”

– “Cara, eu não gosto dos políticos. Brigam, um bota no rabo do outro e depois são os primeiros a pedir paz, amizade, compreensão… sai fora boca mole.” (F.G.)

– “O Miri falou que não vai à reeleição porque tomou decisões que não agradaram. Não fui político para agradar, fui gestor. Precisei cortar cargos comissionados e cortei mesmo”.

– “Perguntar não ofende: será que o Dr. Adenilso Biazus, hoje pré-candidato do PMDB a prefeito poderá vir a ser vice de Menegolla? Já falam que sim. ”

– No para-choque do caminhão: “O SASSÁ MUTEMA QUER VOLTAR VOCÊ VAI DEIXAR? ”.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais