Brasileiros levantam a cabeça

8 de agosto de 2016 07:54 | Rogério Côlvero
Brasileiros levantam a cabeça

 

Depois da solenidade de abertura das Olimpíadas, nós brasileiros levantamos a cabeça e voltamos a ter orgulho do nosso país – não dos dirigentes e dos políticos – pois, todos nós ouvimos as sonoras vaias do povo presente no Maracanã, quando o Presidente (interino) Michel Temer falou duas ou três palavras. O povo não aguenta mais ouvir políticos. A solenidade foi linda, inteligente, numa mostra do que somos e do que podemos fazer. Um catarinense emocionou à todos – Guga Kuerten – entrando no grande palco do espetáculo com a tocha olímpica. Valeu ver “Santos Dumond pilotando o seu 14 Bis”, as músicas brasileiras, os registros históricos desde as caravelas portuguesas, dos nossos índios na mata, das representações dos primeiros  imigrantes que chegaram para fazer crescer o país, da Gisele representando a garota de Ipanema, as escolas de samba que só o Brasil tem,  a emoção do Hino nacional com Paulinho da Viola, Jorge Bem fazendo o povo cantar, as bicicletas puxando cada delegação no desfile impressionante dos atletas, a “puxada” de orelha no mundo sobre a necessidade de cuidar do meio ambiente, da feliz ideia dos atletas plantarem mudas de árvores e da inigualável pira olímpica.  E tudo foi feito com 10% do valor gasto por outros países que sediaram olimpíadas. Os jornais do mundo inteiro elogiaram o grande feito. Viva o Brasil, viva a nossa gente!

Ainda há tempo

O prazo para as convenções municipais terminou no último dia 5. Porém, sempre tem um jeitinho, alguns partidos deixaram as atas abertas e ainda poderão substituir seus pré-candidatos já anunciados ou optar por outras coligações até dia 15 deste mês. A troca de nomes pode acontecer – no caso do PSD ou do PMDB trocar de vices – tudo é possível. Quem está firme com suas candidaturas é o PT com Alessandro Antoniolli e Jorge Lino, e Ivonir Sguissardi (PROS) com Sidney Picoli, e Evandro Berto (PSB) com Sérgio Marca.  No entanto, sabe-se que está havendo dificuldades para fechar a lista dos candidatos a vereador.

Pastor Feliciano

“Uma estudante de 22 anos acusa o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) por assédio sexual. Em conversas via WhatsApp, a moça diz ao pastor-deputado que estava assustada com os “assuntos estranhos” que ele teria falado à ela. “Jovem, a carne é fraca”, respondeu o pastor que é deputado federal.” (Notícia publicada no jornal DC no fim de semana).

FALA POVO

_ “Os tucanos podem indicar um vice para o Menegola até dia 15 de agosto. Será?” (A.T.)

– “Tudo certo, o DEM já está coligado com o PMDB na candidatura de Adenilso e Vigo”. (M.T.)

– “Um deputado federal avisou: eu boto num cargo público até uma melancia. Tá que nem o outro que afirma eleger até uma pedra”.  (L.E.M.)

– “Vaias grossas para Michel Temer em pleno Maracanã na abertura das Olimpíadas. É verdade, o povo não aguenta nem ver mais os políticos, imagine ouvir”. (P.P.)

– “A grande expectativa do povo é se a Justiça Eleitoral vai mesmo pegar os costumeiros “compradores” de votos.” (F.J.R.)

– “Um aviso: quem for viajar para o RGS, cuidado, as estradas estão em péssimas condições. O meu RGS está mesmo falido. É uma vergonha.” (P.Q.)


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais