Crise, mas bolso cheio

5 de agosto de 2016 07:38 | Rogério Côlvero
Crise, mas bolso cheio

Municípios com o chapéu na mão em busca de recursos, governos estaduais quase na falência (o Rio Grande do Sul parcelando os salários dos servidores) o governo federal com dificuldades financeiras, no país mais de 11 milhões de desempregados. Diante disto, os salários dos ministros do STF podem passar de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.  Esperava-se no mínimo o bom senso, pois dos políticos não se espera mais nada. Se aprovado o aumento, vem tudo por cascata e o trabalhador…

Escolas de pau a pique

“Lá no Norte e Nordeste as escolas são de pau a pique, mesmo eles recebendo a maior fatia de recursos da União. Sarney e Renan decidem o destino daquele povo, há décadas. Basta de Brasília. O Sul é meu país.” (Rudi Batistello, Chapecó-SC)

Ação popular

“Se Lula foi à ONU recorrer contra as ações do juiz Sérgio Moro, os brasileiros vão entrar com uma ação para recorrer dos males dos governos Lula e Dilma, principalmente, da roubalheira que fizeram”.

As coligações

O pré-candidato a prefeito Avelino Menegolla (PSD), na época quando estava prefeito pela segunda vez, ao final do mandato, deu apoio ao PMDB que lançou a candidatura de Julião a prefeito e Jelder de vice.  Bruno (PSDB) venceu e se tornou prefeito. Depois veio a candidatura de Miri (PSD) com o vice Gelson (PMDB). Agora, Bruno PSDB está apoiando a candidatura do Biasus (PMDB) e Vigo (PR). Há quem diga que o Bruno está dando o troco ao Avelino o que em política tudo é possível – com estas coligações observa-se que a disputa ficou mais parelha. Bom para os eleitores.

FALA POVO

“Você viu uma foto no Lance Notícias: Biasus com a bandeira do 45 (PSDB) rodeado com valorosos políticos de Xanxerê. Ali estão Bruno, Matiolo, Neli Saibo, Colatto, Vigo…”

– “Ontem ele fez o que bem quis e hoje os outros fazem o que bem querem. Tem política boa e politicagem”. (A.F.)

– Xanxerê vai receber mais um médico do programa Mais Médicos, neste mês de agosto.

– Hoje (5) é o prazo final para as coligações partidárias. Os registros de candidaturas vão até dia 15 de agosto.

– “O Pokémon de Xanxerê pode perder ou ganhar as eleições. Um velho político da casa já dizia: “se nós não ganhar, eles ganham”.

– A máquina de pesquisa da Méritus pelas ruas da cidade. Ontem (4) em frente ao Bistrô, no centro da cidade. Celito está com pressa para saber quem está na frente. Pena que ele não conta nem que a “vaca tussa”.

– “Pergunta aí, quais dos atuais vereadores de Xanxerê poderão ser reeleitos? Me consta que a maioria tentará a reeleição, será que o povo vai dizer sim? ” (P.B.)

– “Vendo hoje o Bruno ao lado do PMDB me lembro de Menegolla ao lado do Julião em outros tempos. ” ( V.P.F.)


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais