Políticos falando em árabe

16 de agosto de 2016 08:30 | Rogério Côlvero
Políticos falando em árabe

Sabia que o deputado federal catarinense Esperidião Amin (PP) conversa por telefone com o presidente Michel Temer (PMDB) em árabe?  Falam assuntos políticos e sobre aquele projeto das dívidas dos Estados com a União. Os dois têm origens árabes, porém, com naturalidade brasileira – um por Florianópolis e o outro por São Paulo.

Água mais cara desde ontem

Subiu ontem (15) o preço da tarifa de água em 10,81%. A CASAN atende 198 municípios catarinenses e mais um do Paraná. O aumento varia de acordo com o total de metros cúbicos consumidos.

Abílio Diniz a favor da CPMF

Abílio Diniz, homem forte da BRF (ex-Sadia) e do Carrefour, chamou a atenção ao defender a volta da CPMF. Segundo ele, enquanto o país não crescer, tem que aumentar impostos. “Eu considero mais jutos taxar renda e não consumo porque hoje quem ganha menos destina cerca de 50% da renda em impostos”, afirma Diniz.

Garrafas retornáveis

“Atentos ao interesse dos consumidores em usar garrafas retornáveis, que reduzem em 20% a 30% o preço de produtos, a gigante de bebidas Ambev decidiu ampliar essas oportunidades. Em 2014 menos de 10% do volume total de cervejas desta “gigante” vendido em supermercados era em garrafa de vidro retornável. Em 2015, esse índice subiu para 14,4%. Hoje em algumas praças, chega a 30%.” (E.B.)

FALA POVO

– Um chapa me contou que viu o Jelder e o Avelino, bem vestidos, de gravata e tudo mais, juntos numa alegria só. “A coisa deve ter mudado na corrida eleitoral”, disse o chapa.

–  eles começam a pedir o voto. Começa a campanha política 2016. Se o candidato vem até você pedir o voto, abra bem os olhos, saiba analisar suas promessas…

– Se você eleitor tiver coragem, diga na cara do político que a malandragem política é uma vergonha. Como certos políticos vão justificar a roubalheira de seus parceiros?

– Alguns passeios (calçadas) da área central da cidade estão uma vergonha. Se o candidato a reeleição (vereador) vier pedir seu voto, mostre esta irresponsabilidade.

– Enquanto houver conchavos políticos entre prefeitos e vereadores, ninguém vai conseguir falar verdades no Legislativo. Não têm coragem, com raras exceções.

– “A Dilma pode ir para o xilindró. A delação da Odebrecht aponta detalhes de suas ações. ” (R.V.)

– Dilma sempre foi contra a ditadura, contra os militares, e o seu julgamento será bem no Dia do Soldado, 25 de agosto.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais