Programas mais chatos no Rádio e TV

10 de agosto de 2016 09:01 | Rogério Côlvero
Programas mais chatos no Rádio e TV

Vem aí os programas de Rádio e TV mais chatos da história política brasileira. Vai ser difícil de ver e ouvir. Pela Lei, os programas não podem ter âncoras (TV) ou locutores (Rádio). Só os candidatos poderão falar. Tudo vai começar no dia 26 de agosto. Então, prepare-se  com as falas abusivas – claro que tudo pode ser gravado antes e os “marqueteiros” vão corrigir os possíveis erros com antecedência.  Aqueles programas políticos que eu gostava de ver e ouvir, bem montados, bem apresentados, este não ano, nada disso.

Em Xanxerê, renovação

Das cinco candidaturas a prefeito em Xanxerê, quatro  são nomes que nunca disputaram uma eleição na cabeça de chapa – apenas um candidato já exerceu funções de prefeito durante dois mandatos.  A gente pode considerar uma renovação. Na Câmara de Vereadores, porém, há tendência de reeleger a maioria dos atuais vereadores, embora há afirmações de que a renovação no Legislativo vai ser 90%.

Campanha com respeito

O empresário Albino Arcari, do diretório do DEM em Xanxerê, tem razão ao dizer que nesta campanha política é preciso manter o máximo de respeito entre os candidatos e seus grupos de trabalho político. A busca de votos será praticamente só durante trinta dias e tudo passa rapidamente – tudo termina no dia 2 de outubro.  Arcari já participou de várias campanhas eleitorais e como diz, “ já vi muitas disputas e quase sempre observei os ânimos exaltados com críticas aos adversários o que não vale a pena. O importante é respeitar um ao outro, não criando problemas e sim buscar soluções para comunidade com a escolha democrática de quem vai nos representar no executivo e legislativo”.

FALA POVO

– “ Rogério, sabia que em Xanxerê um cara queria ser candidato único a prefeito? Um cara de pau metido a querer ser dono de tudo”. ( H.S.)

– “Já que a arquibancada gritava Marta, Marta, sugiro que o Neymar no jogo de hoje, vá jogar de saia.” ( A.T.G.)

-“Estamos acreditando na Justiça Eleitoral para impugnar candidatos com ficha-suja. Nós eleitores agradecemos e a cidade também”. (C.B.)

– “Perguntando sem ofender: em Xanxerê tem candidato ficha-suja?”

– “A Lava-Jato já recuperou R$ 3,6 bilhões do dinheiro desviado da Petrobrás. Dizem que falta recupera R$ 37 bilhões”. (A.N.)

– “Um conselho para estas eleições: quando alguém não está entendendo sua ideia ou opinião, sobre determinado assunto, cale-se e ouça. Não vale a pena insistir.”

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais