Quem vai comprar voto?

23 de maio de 2016 07:39 | Rogério Côlvero
Quem vai comprar voto?

Dizem que as eleições em Xanxerê sempre foram à base do “pila” e que o voto é na base do toma lá dá cá. Têm os que compram e os que vendem votos – isto segundo as vozes populares. Só falam, mas até agora ninguém provou nada e ninguém foi pego ou condenado. O povo também diz que a cada eleição vem alguém com a mala preta cheia de dinheiro para definir as eleições – a imaginação é fértil e diante disto, dá para perguntar quem vai comprar voto este ano? E será possível vender ou comprar com toda a ação da Lava Jato? Qual político tido como chefe ou qual candidato com coragem para se expor? Perguntar não ofende, porém onde tem fumaça pode ter fogo…

Empresários apontam os rumos

Empresários de renome e prefeitos de grande cidades, por exemplo,  Cecília Menegotti ( da Colcci) e Udo Döller ( empresário e prefeito de Joinville) afirmam que o Brasil e as prefeituras precisam de gente com competência para administrar e com alto conhecimento. Os candidatos nestas eleições municipais deverão se apresentar em busca do voto não apenas usando o populismo mas mostrando suas qualidades para comandar um município – inclusive os pequenos municípios. As jogadas políticas ou as mentiras e promessas já não são mais admitidas pelo povo. O povo já diz Basta!

O vice está amando

Pois é, Eduardo Pinho Moreira (PMDB), viúvo faz tempo, médico cardiologista de profissão, vice-governador por ocasião, está testando seu próprio coração. Foi visto na semana passada bem acompanhado num restaurante na estrada de acesso a Quebec. O casal faz um tour pelo Canadá. Ele está na expectativa de ser eleito governador em 2018, ganhando as eleições de Gelson Merísio, de Amin, de Bauer ou de quem cruzar seu caminho e aí, talvez, apresentar a primeira dama ao povo catarinense.  E o povo não deixa por menos: o vice está amando.

Não temer os poderosos ladrões

Sérgio Moro, jovem e talentoso juiz brasileiro, botou todo mundo a trabalhar. Moro dá excelente exemplo para os jovens brasileiros: não temer os “poderosos” ladrões do Brasil. Moro nasceu em Maringá, no Paraná e hoje está exercendo suas funções na “República de Curitiba” como diz Lula.

FALA POVO

– Basta observar: muitos petistas até então de estrela na testa, já tiraram a estrela e estão ingressando em outros partidos à convite. Isto aqui em Xanxerê é fato.

-O chefão político de Xanxerê, Gelson Merísio (PSD) que abra o olho – o povo quer gente nova no comando do município. Não quer mais aqueles “dinossauros” do passado.

– Gente nova não na idade mas, mas nas eleições – naqueles que nunca foram eleitos ou que disputaram eleições.

– Nestas eleições municipais vem aí a “Operação Pega Safado” – visando pegar mesmo àqueles que tentam comprar votos ou até mesmo vender voto.

– Eu conheci um sujeito que ficou uma madrugada inteira no trevo da Av.Brasil/BR.282 esperando a chegada da mala preta numa das eleições de tempos atrás. O cara veio, a mala diz ele que não.

-Na verdade o povo está confiante na Justiça. Não quer mais que safados políticos usem o dinheiro para tentar se eleger, daí, a operação “Pega Safado”. O povo está atento e vai dedar.

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais