Tornado

21 de abril de 2016 08:08 | Rogério Côlvero
Tornado

Tornado, seus ventos foram fortes demais naquela tarde de 20 de abril – uns dizem que a velocidade chegou a 250 km outros afirmam ter chegado a 330 km por hora – mortes, destruição, feridos, gente andava nas ruas a procura de suas casas, de seus pertences, de seus parentes. Tornado você foi forte demais! Postes de luz quebrados ao meio – nunca tinha visto – um emaranhado de fios de iluminação impediam a caminhada do povo em desespero, bombeiros e ambulâncias corriam levando feridos ao Hospital que já não tinha mais espaço e gente para socorrer tanta gente. Eu vi no final daquela tarde as pessoas sentadas no meio fio da Papa João 23, que do trabalho correram para suas casas, e onde estavam as casas? Só restou chorar ao se deparar com a falta do lar. Até os animais domésticos perdidos, sem saber para onde ir. Próximo ao Ginasião, cadê o nosso Ginasião, se perguntavam, era apenas um monte de escombros e ferros retorcidos. Tornado, você não precisava ser tão forte assim. Só Deus, só Ele é forte e tenho certeza que Ele não castiga seus filhos. Hoje, depois de um ano, ainda se ouve o bater de martelo, o som das serras, ainda a reconstrução, o caminhar cabisbaixo das pessoas, o olhar triste no horizonte, as lágrimas que ainda rolam quando o dia da tragédia é lembrado. Nós povo de Xanxerê, Santa Catarina, somos povo de fé e de muita coragem.
Advogados
O presidente do conselho estadual da OAB-SC, Paulo Brincas, está certo de que o Senado vai confirmar a decisão da Câmara Federal, sobre o impeachment da Presidente. Dos 42 conselheiros da OAB, 39 votaram a favor do afastamento da Dilma e Temer. “A presidente perdeu todas as condições de governar”, fiz Paulo Brincas.
“Mais de mil obras paradas”
O ex-ministro Luiz Fernando Furlan, na sua passagem por Santa Catarina, revelou que “além de seis ministérios sem comando, da paralisia da economia, há outros travamentos no país. Revelou, também, “que mais de mil obras do PAC estão totalmente paralisadas em vários Estados”.
FALA POVO
– Dilma dá o golpe nos trabalhadores: já são mais de 10 milhões e 400 mil desempregados.
-Onde está o Ministro e o próprio Ministério da Saúde diante de tantos e graves problemas nos hospitais brasileiros?
-Pelo jeito, quem está mandando na saúde é o Aedes, o mosquito famoso.
-Estou perguntando se a Lava Jato não vai abrir a caixa preta das construções para a Copa do Mundo e das Olimpíadas. O Lula vai à loucura…
-O povo diz: a OAB tem mais credibilidade que os políticos neste País.
-Na pesquisa, Michel Temer tem 62% de rejeição e Lula lidera com 68% de rejeição.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais