15 ADR’s serão extintas em Santa Catarina

21 de fevereiro de 2018 14:54
Comunidade , região Compartilhar no Whatsapp
15 ADR’s serão extintas em Santa Catarina Imagem Ilustrativa. (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

O governador de Santa Catarina Eduardo Pinho Moreira (PMDB) informou nessa quarta-feira (21) que extinguirá estruturas do governo e cortará cargos administrativos. Em coletiva sobre o ano de mandato que exerce até dezembro, ele também informou que há margem fiscal para receber verba de empréstimo junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar municípios.

“Hoje, em um decreto assinado por mim, nós desativaremos 15 secretarias regionais, [que são] agências de desenvolvimento regionais (ADRs), e desativaremos quatro secretarias executivas”, informou o governador.

Com isso, segundo ele, serão desligados 185 cargos comissionados. O governador informou também que a Secretaria de Planejamento ainda fará o remanejamento de atuação das ADRs restantes, já que permanecerão 20 unidades no Estado.

Veja as ADRs que serão extintas:

Itapiranga; Dionísio Cerqueira; Palmitos; Quilombo; Seara; Caçador; Ituporanga; Taió; Ibirama; Timbó; Brusque; Laguna; Braço do Norte; Canoinhas; São Joaquim;

Veja as secretarias que serão extintas:

  • Secretaria de Articulação Estadual
  • Secretaria de Supervisão de Recursos Desvinculados
  • Secretaria de Fundo Social
  • Secretaria de Assuntos Internacionais

Investimentos

Pinho Moreira ainda afirma que os cortes são feitos para remanejamento de verba, já que no último ano de mandato os governantes devem responder a Lei de Responsabilidade Fiscal. “A partir do segundo quadrimestre, mês de maio, todas as despesas têm que ter recurso em caixa”, disse em entrevista ao G1/SC.

Ainda conforme Pinho Moreira, o Estado tem margem de endividamento, não sendo um problema a contratação de financiamento federal para o Fundo de Apoio aos Municípios, o Fundam 2. O investimento foi questionado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais