Abaixo-assinado será realizado com o objetivo de impedir a reforma trabalhista

27 de setembro de 2017 15:04
Comunidade , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Abaixo-assinado será realizado com o objetivo de impedir a reforma trabalhista Foto: Rafaela Forchesatto/ Lance Notícias

Movimentos sindicais e entidades organizadas participaram na tarde desta quarta-feira (27), de uma reunião com o objetivo de discutir sobre o abaixo-assinado pela anulação da reforma trabalhista; estratégias de mobilização contra a reforma da previdência; manutenção dos serviços social na estrutura do INSS e o fim da assistência social com o corte de 99% dos recursos.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Metalúrgica, Mecânica e Materiais Elétricos (Sitimetal), Lenoir Tiecher, a reunião servirá para que outras entidades possam realizar encaminhamentos para outras lideranças.

“Nós reorganizando a frente Brasil Popular com o intuito de estar trabalhando a reforma trabalhista e nós estamos iniciando o abaixo-assinado a nível de Brasil, onde nós pretendemos buscar 1% de eleitores de todas as cidades brasileiras, com o objetivo de barrar a reforma trabalhista. Estaremos buscando assinaturas nas casas das pessoas e também com pontos no centro da cidade, onde estaremos conscientizando a população e buscando essas assinaturas”, comenta Tiecher.

Outro tema debatido será a reforma da previdência.

“A reforma da previdência, que deve ir para votação na metade de outubro, nós estamos reunindo essas entidades para fazer alguns encaminhamentos do enfrentamento que nós faremos no momento da reforma e votação, tendo e vista, que já fizemos vários enfrentamentos contra ela”, conclui.

Estando entre os temas da reunião os serviços sociais, a assistente social Samanta Roloff, destaca que está sendo realizado uma mobilização sobre o corte nos investimentos das políticas de Assistência Social.

“Estamos fazendo uma mobilização com a população com relação a audiência pública que vai acontecer hoje na Câmara de Vereadores, a partir das 19h, que tem objetivo de discutir a proposta orçamentária do Governo Federal, que chega a cortes, para 2018 em alguns setores de até 99% dos recursos que viriam aos municípios. Então a gente tem feito essa mobilização em todas as comunidades para que as pessoas participem dessa audiência pública”, ressalta.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais