ADR Xanxerê realiza primeira reunião do Colegiado Regional de Governo

26 de outubro de 2016 15:40
Comunidade , Educação Compartilhar no Whatsapp
ADR Xanxerê realiza primeira reunião do Colegiado Regional de Governo ADR Xanxerê realiza primeira reunião do Colegiado Regional de Governo (Foto: Divulgação)

 

Representantes dos órgãos do Estado que atuam nos 14 municípios de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Xanxerê, se reuniram na terça-feira, 25, para a primeira reunião do Colegiado Regional de Governo. Participaram representantes da Defesa Civil, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Cidasc, Epagri, Casan e Celesc. O Colegiado faz parte das ações pertinentes às Agências de Desenvolvimento Regional e tem o objetivo de elencar as demandas de cada região, discutir as ações relacionadas ao desenvolvimento regional e apoiar na elaboração do Plano de Desenvolvimento Regional e Plano Plurianual.

“Esta primeira reunião foi importante para que pudéssemos aproximar os representantes de cada órgão do Governo do Estado da Agência Regional. Já tivemos uma noção de quais são as demandas. Nas próximas reuniões, cada setor irá apresentar um relatório de suas ações e suas reivindicações”, explicou o secretário executivo de Desenvolvimento Regional, Edegar Giordani.

Na primeira reunião, Giordani apresentou para o Colegiado a equipe de gerentes que compõe a Agência de Desenvolvimento Regional e comentou sobre o andamento da reunião e obrigatoriedade da participação de cada representante. As reuniões acontecem mensalmente e, na próxima data a ser marcada, serão apresentadas as ações e demandas do 14º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Xanxerê e da Gerência Regional da Epagri.

“O trabalho em conjunto é importantíssimo para conseguirmos buscar soluções para as problemáticas da nossa região. Da mesma forma, as ideias e ações que estão dando certo poderão ser apresentadas como case e compartilhadas com as demais regionais. Essa sintonia é fundamental para um bom governo e aproxima os setores”, considerou Giordani.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais