Alerta: Defesa Civil pede atenção devido as baixas temperaturas

7 de junho de 2016 11:14
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Alerta: Defesa Civil pede atenção devido as baixas temperaturas (Foto: Divulgação)

Com a previsão de queda nas temperaturas, a Defesa Civil de Santa Catarina pede atenção redobrada com os riscos que o frio intenso pode causar. Diante disso, o diretor de prevenção, Fabiano de Souza pediu esforço e olhar atento aos coordenadores regionais. Solicitou ainda que os municípios sejam participativos, através dos serviços de assistência social. “As assistentes sociais com trabalhos em comunidades mais vulneráveis serão importantes para esse processo, ” disse.

A previsão do Ciram (órgão de meteorologia do Estado), é que os termômetros alcancem temperaturas próximas a negativas. Souza também salientou que a emissão de avisos, alertas e informações será intensificada nas redes sociais da Defesa Civil e site da instituição. Hoje, o secretário de Estado, Rodrigo Moratelli garantiu que a Defesa Civil vai monitorar todas as alterações e gerenciará qualquer ação necessária. “Em 2013, realizamos um grande trabalho de atendimento prévio, devido à baixa nas temperaturas. Este ano, se houver necessidade, o Estado será atuante, como sempre. ” Destacou.

Na sexta-feira, 03, a meteorologista do Ciram, Marilene de Lima reforçou que o inverno de 2016 será rigoroso e com períodos prolongados de frio. “Poderemos ter períodos de até 10 dias de frio, contínuos, ” salientou. A informação foi durante palestra, em São Bento do Sul, durante o Simpósio para Redução de Riscos, realizadas a representantes do Colegiado de Proteção e Defesa Civil do Norte do Estado, organizado pela Associação dos Municípios do Norte de Santa Catarina – Amunesc.

É importante ficar atento as rodovias, que podem ter formação de gelo na pista, ampliando o risco de colisões e derrapagens devido ao terreno escorregadio. Esse tipo de ocorrência pode ser mais comum entre noite, madrugada e manhã desses dias frios.

A temperatura declina ainda mais nos próximos dias em Santa Catarina. Entre quarta e sexta (08 a 10/06), a temperatura mínima, na madrugada e amanhecer, fica próxima e abaixo de zero grau, favorecendo a formação de geada, generalizada nas áreas altas do Oeste ao Planalto, e isolada nas demais regiões. Durante o dia, as temperaturas não sobem muito, resultando em baixa amplitude térmica diária (diferença entre as temperaturas máximas e mínimas).

O frio ganha reforço no próximo final de semana (11 e 12/06) com a chegada de uma nova massa de ar polar avançando para o Sul do Brasil e mantendo a as temperaturas muito baixas por vários dias consecutivos.

Recomendações da Defesa Civil SC:

Geada: agricultores deverão tomar medidas preventivas.

Onda de Frio: atenção com população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. Além disso, abrigar animais domésticos nas noites mais frias. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, em virtude das doenças causadas pelo frio (gripe, resfriados, pneumonia, meningite) é essencial tomar medidas simples como manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene frequente das mãos. Essas medidas são de grande valia na prevenção destas doenças, ressaltando que crianças e pessoas idosas são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio e devem estar mais atentas.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. (Fonte: Defesa Civil)


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais