Alerta: homem que reside em Xanxerê está com suspeita de sarampo

24 de agosto de 2019 11:25 | Visualizações: 4823
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp

Xanxerê está com um caso suspeito de sarampo. O paciente é um homem de 53 anos, que reside no município e não possui histórico de vacina contra a doença. O fato foi comunicado à Vigilância Epidemiológica na tarde dessa sexta-feira (23).

De acordo com a coordenadora do Setor de Vigilância Epidemiológica de Xanxerê, Francis Mara Zago Pegoraro, um bloqueio já foi realizado na área em que o homem reside.

– Na tarde de ontem (23) nós recebemos uma ligação de uma Unidade de Saúde de um possível caso suspeito de sarampo. Fomos até o local e vimos que realmente a pessoa estava com sintomas e sinais de sarampo. Já no fim da tarde, o Laboratório Municipal fez a coleta, e encaminhamos os dados para Florianópolis. A gente não precisa esperar o resultado do exame para fazer o bloqueio, então ontem à noite a gente foi na casa do paciente, verificamos toda a área, vizinhos, amigos, e também as carteiras de vacina das pessoas que tiveram contato com o homem – comenta Francis Mara.

Ainda segundo a coordenadora, na última semana, o homem teve contato com pessoas que residem no Litoral de Santa Catarina.

– Ele teve contato com o pessoal do Litoral que veio para cá. O que era para fazer em relação ao caso, já foi feito. O paciente está orientado, aqueles que tiveram contato com ele e não tinham vacina, foram vacinados. Agora, o paciente fica isolado por seis dias e nós vamos esperar o resultado do exame – conclui.

Destaca-se que o local onde o homem reside não pode ser divulgado pela Vigilância Epidemiológica de Xanxerê.

 

Sarampo em Santa Catarina

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela DIVE/SC na última segunda-feira (19), o estado tem 15 casos importados confirmados de sarampo e outros 5 em investigação. Entre os 15 casos importados confirmados, 3 foram em tripulantes de um navio que atracou no litoral catarinense em fevereiro de 2019. Outros 12 estão distribuídos nos municípios de Florianópolis (10), Guaramirim (1) e Barra Velha (1).

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. O vírus se espalha facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca foram expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado.

Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Apresentando sinais e sintomas do sarampo, o serviço de saúde deve ser procurado imediatamente para que seja feito o diagnóstico e tratamento da doença.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais