Alunos soldados participam de treinamento de resgate veicular

29 de agosto de 2018 16:36 | Bombeiros , Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Alunos soldados participam de treinamento de resgate veicular (Fotos: Alessandra Oliveira/Lance Notícias)

Durante esta semana, a turma de alunos soldados do curso de formação promovido pelo Corpo de Bombeiros participam do treinamento de resgate veicular. As aulas são ministradas por bombeiros militares, sob a supervisão do comandante interino da 1ª companhia de bombeiros militares de Joaçaba, 1º tenente Lazarin.

São 40 horas-aula em que os alunos soldados terão a primeira vivência e experiência com acidentes e vítimas presas em ferragens.

“Passamos para eles o nosso procedimento operacional padronizado em operações de resgate veicular, que consiste em nove ações no cenário de ocorrências. Nossas demonstrações são especialmente para que eles atentem em início de ocorrência com a própria segurança deles, com a segurança do cenário, para depois começar a fazer a intervenção e ai sim remoção de ferragens, corte da estrutura dos veículos, procedimentos de atendimento pré-hospitalar com a vítima, para fazer a extração dela das ferragens e depois a condução para a unidade hospitalar”, explica tenente Lazarin.

Segundo o tenente, pelo fato dos alunos não terem essa vivência, eles são alertados para os perigos das estradas e acidentes. “Nosso foco inicial não é só ensinar eles a cortar ferragens, mas sim a comandar operações e procedimentos que vão ser levados a cabo quando formados”, destaca.

Conforme Lazarin, em uma avaliação da turma de 29 alunos que tem aula em Xanxerê, a turma é composta por ótimos alunos que devem se tornar excelentes profissionais.

“Nossa visão é de três dias, mas nós sempre costumamos dizer que após uma das dinâmicas noturnas de atendimento que foi realizada na terça-feira (28), a visão é a melhor possível. Podemos ver eu nos momentos de dificuldade, o pessoal que já tem essa forja militar, como aqui em Xanxerê, a monitoria e comando conduz eles muito bem, podemos dizer que é um pelotão muito unido e aguerrido e serão formados excelentes militares”

Conforme o sargento BM Luciano Peri, esse módulo do curso é de extrema importância, por conta no elevado número de acidentes registrados em Santa Catarina.

“Santa Catarina desponta no número de acidentes, por conta de diversos fatores, por isso o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina precisa ter militares cada vez mais capacitados tendo esse módulo operacional como sendo uma referência a nível de estado e de Brasil com emprego de novas técnicas e ter um pessoal capacitado para treinar e formar esses alunos que depois irão prestar serviços no estado”, conclui.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais