Anvisa suspende decisão que proibia chás produzidos em Xanxerê

24 de fevereiro de 2017 19:41
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Anvisa suspende decisão que proibia chás produzidos em Xanxerê Esse é um dos chás que foram proibidos Foto: Chá Mais / Divulgação

O Lance Notícias divulgou ainda em outubro de 2016 a informação de que 21 chás de Xanxerê haviam sido proibidos pela Anvisa. Na época a empresa entrou com um processo administrativo contra a decisão e nesta semana a Anvisa revogou a decisão.

 

A empresa emitiu uma nota sobre o ocorrido:

“Nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União – DOU foi publicada a RE 463 de 20 de Fevereiro de 2017 em favor da empresa Hilê Indústria de Alimentos LTDA, situada em Xanxerê/SC,  a qual revoga a RE 2.866 de 21 de outubro 2016 que na ocasião havia proibido a produção, fabricação, distribuição e comercialização de Chás, principalmente da marca Chá Mais, em todo o território nacional e determinado o recolhimento de todas as unidades disponíveis no mercado. 

Essa revogação portanto, libera todas essas etapas, haja visto que através do recurso protocolado pela empresa, provou-se que os chás estavam regulares conforme a regulamentação de chás (RDC nº 267, de 22 de setembro de 2005 e nº 219, de 22 de dezembro de 2006) e especiarias (RDC 276 de 22 de setembro de 2005). A empresa acredita que o equívoco tenha ocorrido porque na época não foi considerada a RDC de especiarias, citada anteriormente, a qual permite a utilização de ingredientes como Cravo, Canela e Gengibre, dentre outros, a fim de conceder um sabor diferenciado aos chás.

A Hilê reforça seu compromisso com relação a qualidade e regularidade de seus produtos e informa aos clientes que sempre esteve em conformidade com a legislação, tal fato, provado pela revogação daquela publicação.”

Revogação Chás


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais