Aos 71 anos, xanxerense foi o atleta mais velho da 1ª Forja de Guerreiros

17 de setembro de 2018 13:25
Comunidade , Lance Notícias , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Aos 71 anos, xanxerense foi o atleta mais velho da 1ª Forja de Guerreiros O evento reuniu mais de 120 atletas de toda a região. (Fotos: Divulgação)

O xanxerense Luiz Alberto Sirino foi o participante mais velho da corrida da 1ª Forja de Guerreiros realizada em São Miguel do Oeste, neste fim de semana. O evento reuniu mais de 120 atletas de toda a região.

Forja de Guerreiros é uma corrida com obstáculos militarizados, em pontos estratégicos, com o objetivo de dificultar o percurso e torná-lo mais interessante. Alguns dos obstáculos levaram os competidores a escalar paredes, rastejar sob arames farpados, correr entre labaredas e cruzar barreiras de água por corda ou a pé.

Com 71 anos, Luiz frisa que gostou de participar do evento. “Eu gostei muito de participar. Foi a primeira que participei onde tinham obstáculos militares e militares participando. Não cheguei a conquistar o pódio, mas fui o participante mais velho da corrida”.

Ainda segundo o atleta, suas duas filhas, que também participaram da corrida, garantiram o pódio. “Estou acostumado a correr na rua, foi algo bem legal. As minhas filhas conseguiram pódio. A Ana Cecilia conquistou o segundo lugar e a Ana Cristina, o terceiro. Corremos pelo segundo pelotão, nível dois”.

Luiz coleciona vária medalhas e troféus. Já são mais de 20 medalhas de premiação e participação e a coleção aumenta a cada competição.

Leia também:

Com mais de 70 anos, xanxerense coleciona premiações de corridas


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais