Após perder as eleições, Biasus comenta que agora irá fiscalizar e cobrar por melhorias em Xanxerê

5 de outubro de 2016 16:07 | Eleições 2016 , Política Compartilhar no Whatsapp
Após perder as eleições, Biasus comenta que agora irá fiscalizar e cobrar por melhorias em Xanxerê Após perder as eleições, Biasus comenta que agora irá fiscalizar e cobrar por melhorias em Xanxerê (Foto: Alessandra Bagattini)

 

Adenilso Biasus é atualmente vereador em Xanxerê e pela primeira vez se candidatou a prefeito representando o partido PMDB. Ele perdeu por uma diferença de 24 votos. Adenilso BIasus fez 9890 votos, contra 9.914 de Avelino Menegolla que se elegeu prefeito.

Nesta quarta-feira (5) Adenilso Biasus esteve na rádio Super Difusora dando entrevista e falando sobre a situação e seus próximos passos, “Eu gostaria de agradecer a todos, foram 45 dias de muito aprendizado, muita conversa, muitas amizades nós formamos, eu gostaria aqui então de agradecer primeiramente a Deus por ter me oportunizado essa possibilidade de ter sido candidato, também ao meu companheiro de chapa, Leandro Vigo, os colaboradores, os militantes, minha família , todos que participaram de uma forma da minha caminhada. Nós tivemos um resultado muito positivo, perdemos por apenas 24 votos, na verdade metade da cidade foi a nosso favor e 16 mil pessoas votaram contra o outro candidato. Agora eu volto para a minha profissão de advogado e vou continuar fiscalizando, por que foram muitas as promessas durante a campanha e eu quero ver se de fato o governo do estado vai fazer tudo que prometeu, por que todo mundo sabe que o governo do estado teve interferência direta no resultado da eleição de Xanxerê”.

“Eu acho isso lastimável, as pessoas deveriam usar o seu direito para mudar. A única forma de mudar e melhor é escolhendo o melhor. O resultado das urnas mostrou 24 votos apenas e existia a possibilidade de mudança. Durante a campanha sempre disse para o pessoal ‘gente vamos votar’. E, veja só de 30 mil eleitores, o candidato se elegeu com 9.914 votos, deu menos de 30% dos votos de eleitores de Xanxerê e isso é muito baixo. O eleitor se desiludiu com o resultado da política no cenário nacional”.

 

Votos Brancos, nulos e abstenções

“Ficou muito claro o desejo de mudança, somando com os votos do Alessandro somaram mais de 15 mil votos, mais de 15 mil pessoas disseram não ao a prefeito eleito. Então, isso mostra que a administração atual não foi aprovada, mas mesmo assim ele se elegeu, mas não representa a maioria da população”.

 

Próximos passos

“O meu próximo passo é seguir exercendo cidadania. Sou vereador sigo na Câmara de Vereadores até o fim do ano, cumpro o meu dever e como cidadão sigo fiscalizando e contribuindo com a minha cidade. Nós somos os campeões morais, lutamos contra um sistema muito forte e saímos de cabeça erguida, lutamos contra um sistema muito forte, o próprio deputado Merísio dizia que se não ganhasse a eleição aqui em Xanxerê ele não tinha condições de ser governador.  Nós somos oposição da atual administração, mas de forma alguma deixaremos de ajudar Xanxerê, nós vamos cobrar muito, o novo prefeito que se prepare”.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais