Após rompimento de barragem, Banco do Brasil abre conta de doações para Brumadinho

28 de janeiro de 2019 12:09
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Após rompimento de barragem, Banco do Brasil abre conta de doações para Brumadinho REUTERS/Washington Alves

O número de mortos após o rompimento de uma barragem da mineradora Vale, em Brumadinho, subiu para 60, segundo informações divulgadas pela Defesa Civil de Minas Gerais. De acordo com o porta-voz do órgão, tenente-coronel Flávio Godinho, 382 pessoas foram localizadas, 191 foram resgatadas e 292 permanecem desaparecidas. Dos 60 mortos, 19 foram identificados até o momento. Há ainda 135 pessoas desabrigadas.

Com o objetivo de auxiliar as famílias que foram atingidas e enfrentam as consequências do rompimento da barragem, o Banco de Brasil abriu uma conta para receber doações. De acordo com a agência de Xanxerê, os depósitos podem ser feitos de todas as regiões.

A conta corrente é em nome da prefeitura local, sendo: agência 1669-1, conta 200-3 (SOS Brumadinho), CNPJ 18.363.929/0001-40. De acordo com o banco, todo o recurso será usado para necessidades urgentes da população afetada.

A Caixa também abrirá uma conta para receber as doações. Os dados da conta corrente, em nome da Defesa Civil, serão divulgados nesta segunda-feira (28).

 

Rompimento da barragem

A barragem da mineradora Vale se rompeu na sexta-feira (25), em Brumadinho (MG), e um mar de lama destruiu casas e vegetação da região. A lama removeu o refeitório da Vale e pousada do local em que ficavam; havia 35 pessoas na pousada; pontos da cidade seguem ilhados.

As buscas estão no quarto dia, e o número de mortes deve crescer; 136 militares de Israel darão apoio aos bombeiros. A Vale suspendeu o pagamento de dividendos e de bônus a executivos, e criou comitês para ajudar vítimas, reparar danos e descobrir responsáveis.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais