Área de preservação ambiental é alvo de descarte incorreto de lixo

27 de setembro de 2018 09:13 | Comunidade , Meio Ambiente , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Área de preservação ambiental é alvo de descarte incorreto de lixo (Fotos: Alessandra Oliveira/Lance Notícias)

Um terreno da Prefeitura, localizado na Linha Pesqueiro do Meio, tem gerado bastante reclamação por parte dos moradores dos arredores do local. Isso porque, o local é uma área de preservação ambiental e é alvo de atos de vandalismo, como queimadas e descarte incorreto de lixo.

Essa é uma situação que se repete continuamente, pois a Prefeitura já realizou a limpeza do local por diversas vezes e o lixo continua sendo descartado em diversos pontos da área de preservação.

Uma placa indicando a proibição do descarte de lixo foi instalada, mas está tomada pelo mato que cresce no local, que é fundamental para a recuperação dessa área, visto que ali funcionava um lixão, o que contaminou o solo.

Conforme o secretário de Desenvolvimento Agropecuário, Edson Zape (Timão), a ação desse descarte de lixo incorreto deve ser informada à Secretaria de Políticas Ambientais, que irá providenciar a limpeza do local.

“Existe uma punição para quem faz esse descarte incorreto de lixo, tem um multa, mas é difícil, muitas vezes, descobrir quem foi que depositou esse lixo ali. Caso a pessoa seja flagrada realizando o ato, é necessário fazer a denúncia e registrar com foto, se for possível, para que o responsável seja punido”, comenta.

Há poucos anos, esse local era ocupado por diversas famílias, que foram realocadas para o Bairro Leandro após uma decisão judicial para desocupação, que agora é área degradável.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais