“As pesquisas influenciaram muita gente”, comenta Alessandro Antoniolli (PT)

6 de outubro de 2016 14:41
Eleições 2016 , Política Compartilhar no Whatsapp
“As pesquisas influenciaram muita gente”, comenta Alessandro Antoniolli (PT) Alessandro Antoniolli candidato à prefeito. (PT ) (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

Nesta quinta-feira (6) o candidato a prefeito de Xanxerê Alessandro Antoniolli (PT), que perdeu as eleições com 5.640 votos, falou sobre os seus projetos e sobre os projetos do Partido dos Trabalhadores a partir de agora. A entrevista foi a Rádio Super Difusora.

O PT ficou com na terceira colocação na disputa pela administração de Xanxerê, perdendo para Avelino Menegolla (PSD) que se elegeu prefeito e o outro candidato Adenilso Biasus (PMDB).

“Nosso planejamento era ganhar, claro que nós entendemos que Xanxerê precisava e queria mudar. Nos planejamos para ganhar, porém, ver os dados das urnas nós percebemos os problemas que enfrentamos devido a questão nacional e avaliamos o resultado como bom. Fizemos uma campanha limpa, não agredimos ninguém, hoje inclusive nós podemos propor o nosso projeto para o prefeito que entrou, por que o nosso objetivo é justamente esse, ter um projeto e poder propor para a sociedade xanxerense”, comenta Alessandro Antoniolli.

 

Número de abstenções em Xanxerê

Os votos brancos, nulos e as abstenções chamaram atenção nas eleições municipais de Xanxerê. Antoniolli destacou que a pouca margem na TV e Rádio contribuíram para a perda do PT.

“Eu vejo uma política desproporcional, suja, infelizmente e as pessoas desanimaram por causa disso. Eu tenho certeza que nós éramos uma opção viável para quem votou branco, nulo ou não foram votar e poderia, porém, nós com 1 minuto e 33 segundos de TV, nós concorremos com uma máquina que tinha 5 minutos de um lado, mais de 3 do outro. Os debates, tivemos um só, na Record News, canal que Xanxerê tem dificuldade de captar o sinal, poderia ser na Record mesmo. Poderia ter sido feito mais um debate. Eu acho que se nós tivéssemos mais tempo para mostrar a nossa ideia, o nosso projeto, as pessoas teriam entendido que nós não estávamos agindo de maldade para Xanxerê e sim de bondade”.

 

Diferença de 24 votos do prefeito eleito e o segundo colocado

“Veja só, primeiro, nas pesquisas, no mínimo tendenciosas, com todo o respeito ao pessoal da RIC Record, mas fazem um debate em um dia, no outro dia solta uma pesquisa que foi feita no dia anterior ao debate e nos colocam com uma posição de 10%, tem pesquisas que nos jogavam com 8%. As pesquisas influenciaram muita gente que não queriam que “A” ou que “B” ganhassem e poderiam ter vindo para nós, mas não veio com medo se o professor Alessandro não chegasse. Muita gente acabou no último momento mudando o seu voto para que o outro não ganhasse se as pesquisas fossem verdadeiras, muita coisa tinha mudado”.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais