Assembleia de prefeitos na AMAI discute infraestrutura e educação

7 de junho de 2019 08:50 | Visualizações: 569
Política Compartilhar no Whatsapp
Assembleia de prefeitos na AMAI discute infraestrutura e educação Foto: Ascom/AMAI

Prefeitos da região se reuniram na última quinta-feira (6) na sede da Amai para tratar de diversos assuntos, tais como infraestrutura para manutenção das rodovias, Carta de Serviços, obrigatório em todos os municípios a partir de 17 de junho deste ano, Plano Municipal de Educação e construção do Currículo para Educação Infantil.

O diretor do Consórcio Intermunicipal Catarinense (CIMCATARINA), Elói Ronau explicou aos prefeitos o funcionamento do Projeto Recuperar e aplicação pelo Consórcio. A previsão de repasse é de R$ 70 milhões para drenagem, terraplanagem, pavimentação, recuperação, reconformação de pista não pavimentadas, conservação rodoviária, limpeza de plataforma, sinalização vertical e horizontal e obras complementares.

Outro assunto foi em relação a Carta de Serviços Online e Ouvidoria, que deve ser disponibilizado nos portais municipais para acesso da população. Sobre a ouvidoria, a AMAI, através da colaboradora Fernanda Bertotto, sugeriu aos municípios a utilização do sistema e-Ouv disponibilizado gratuitamente por meio de termo de adesão da Controladoria-Geral da União (CGU), a elaboração de um formulário padrão para registros da ouvidoria e propôs um treinamento por meio da Associação para capacitar os ouvidores.

Outro serviço que deve ser implantado e já está visível nos portais desenvolvidos pela FECAM, é a Carta de Serviços, espaço e que serão cadastrados os serviços ofertados pelo município. Para esclarecer dúvidas e auxiliar os servidores municipais que farão o registro de informações, a AMAI desenvolverá na próxima semana uma reunião esclarecedora.

Ao final da assembleia, representando o colegiado de educação, a presidente Cleusa Brusamarello e secretária Salete Brizola apresentaram sobre o Plano Municipal da Educação e Construção Curricular para Educação Infantil. Os Planos Municipais de Educação têm a finalidade de direcionar esforços e investimentos para a melhoria da qualidade da educação no país. Os gestores municipais estão empenhados na execução dos planos e cumprimento das metas.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais